Seduc realiza live “Recomeçar: reinventar é possível” para auxiliar e motivar profissionais da Educação


A Secretaria de Estado da Educação (Seduc), por intermédio da Coordenadoria Regional de Educação de Rondônia (CRE), realizou uma live nesta terça-feira (8), com o tema “Recomeçar: reinventar é possível”, abordando o papel dos profissionais que atuam no campo educacional em meio aos desafios psicológicos na pandemia do coronavírus. O encontro virtual contou com a presença da palestrante e também especialista em análise comportamental, Silvania Gregório Carlos, que esclareceu dúvidas e abriu espaço para a troca de experiências.

Na ocasião, a diretora-geral de Educação, Irany Oliveira Lima Morais, agradeceu a presença dos envolvidos no evento em nome do titular da Seduc, Suamy Vivecananda Lacerda Abreu, e ressaltou a importância da discussão de temas relacionados ao comportamento social e à capacidade psicológica de vários servidores públicos que se dedicam incansavelmente a oferecer o ensino de qualidade a seus alunos em tempos difíceis.

Devido ao distanciamento social, Irany também destacou que essas pessoas estão mais próximas de seus familiares, no entanto, muitos desses profissionais hoje sofrem com a perda de familiares, gerando princípios até de depressão. Um dos principais males que vêm afetando professores, técnicos e gestores de instituições escolares, cujo problema afeta diretamente no rendimento do serviço.

“Será que é possível se reinventar no meio de tanta situação difícil?”, indaga Silvania, no começo da live. “Tem muitas situações nas quais o sofrimento ultrapassa os limites que nós julgamos resistir. São momentos que parece não ter fim e a angústia toma conta da nossa alma refletindo no físico. É importante que respeitemos os limites das pessoas, de cada um lidar com a perda, por exemplo”, complementa ao falar do respeito ao período de luto.

Ao longo da live, a palestrante destacou o surgimento de problemas relacionados à ansiedade, frequentemente presente nos educadores que estão trabalhando em casa. Um dos transtornos mais comuns nos dias de hoje, é o estresse e a chamada crise de pânico, perceptível em sintomas como palpitações, coração batendo ou aceleração cardíaca, entre outros. Outras síndromes são identificadas por meio de tremores, fadiga, excesso de apetite, sentimentos de culpa, medo que leva à incredulidade e comportamento melancólico (ausência total de ânimo).

Visando a solução de eventuais problemas, Silvania Gregório reforçou a necessidade de todo indivíduo ter um autoconhecimento, observando suas qualidades diante de inúmeros fatos e situações adversas. Ainda de acordo com a especialista, esta tática contribui drasticamente para melhorar o desempenho do trabalho. “Para os problemas, é possível virar este jogo, precisamos buscar equilíbrio. E isso, se dá pela ajuda psicológica, fé e troca de experiências”, acrescenta.

Ao todo, a live teve a participação de mais de 700 pessoas, reunindo vários profissionais da Educação de Rondônia. A produção audiovisual está disponibilizada na plataforma de streaming do Núcleo de Tecnologia Educacional (NTE), para quem desejar conferir o conteúdo na íntegra.


Texto: Jackson Vicente
Fotos: Daiane Mendonça
Secom - Governo de Rondônia

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu