Projeto aproxima gabinete das escolas municipais e facilita apresentação de demandas educacionais


Uma experiência que leva os gestores a estarem mais próximos de suas equipes, sobretudo quando a distância precisa ser superada, está em andamento na Prefeitura de Porto Velho. E o principal beneficiário é o setor educacional, que precisa superar os obstáculos que surgiram durante a pandemia de Covid-19. É o Projeto Gabinete Itinerante.

A iniciativa encurta o caminho para otimização da educação no Município. O projeto Gabinete Itinerante foi criado e desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação (Semed). Nele, a secretária Gláucia Negreiros e sua equipe técnica vão até as unidades escolares, seja na ponta do Abunã ou na região do Baixo Madeira, para dialogar com os demais servidores.

A iniciativa é inédita e tem indicado demandas importantes para a melhoria das atividades nas escolas municipais, que mantêm parte das atividades na forma remota, através da plataforma Escola Virtual, mas aguardam o retorno presencial dos alunos.

Para a diretora Paula Muneratti, que dirige a Escola Khrys Damaris, no bairro Areal, o projeto só tende a trazer benefícios. “Recebi a secretária Gláucia Negreiros e pude expor algumas necessidades que tenho para atender melhor os alunos, já que a Semed já planeja o retorno parcial dos alunos do ensino fundamental”, disse.

A secretária Gláucia Negreiros explica que pretende levar o Gabinete Itinerante a todas as escolas para conhecer e conversar com todos os gestores de maneira exclusiva. Segundo ela, deve ser conjunta a busca de alternativas e soluções para eventuais problemas de ordem estrutural ou pedagógica.

“A iniciativa faz parte dos esforços do prefeito Hildon Chaves para que a educação tenha ainda mais qualidade em Porto Velho. A Semed está preparando os servidores para o regresso dos alunos assim que for possível”, argumenta a secretária.

Segundo Gláucia Negreiros, assim que professores e servidores da educação forem vacinados, será possível trazer os estudantes de volta às salas de aulas. “Isto será feito obedecendo a todos os protocolos de saúde. Haverá revezamento de alunos para não gerar aglomeração”, garante a secretária.


Texto: Géri Anderson
Fotos: Géri Anderson
Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu