Cirone Deiró cobra plano de gestão e investimentos para o Complexo Hospitalar de Cacoal e Hospital de São Francisco

 



Segundo parlamentar, Sesau precisa normalizar com urgência os serviços de exames de ressonância e tomografia para os pacientes do Complexo Hospitalar

“A ida do secretário de estado da saúde, Fernando Máximo a Cacoal e São Francisco do Guaporé para ouvir as reivindicações dos pacientes, servidores, médicos e também da direção e coordenação dessas unidades hospitalares abre caminho para solucionar problemas antigos enfrentados pelos pacientes que procuram atendimento hospitalares,” afirmou o deputado Cirone Deiró (PODE) que acompanhou o titular da Sesau nas reuniões e vistorias ao Complexo Hospitalar de Cacoal e ao Hospital Regional de São Francisco do Guaporé. A agenda de trabalho do secretário em Cacoal, no último sábado e domingo, antecede a realização da audiência pública da Assembleia Legislativa, a ser realizada no próximo dia 05 de julho, proposta pelos deputados Cirone Deiró e Ismael Crispim (PSB) que busca solucionar os problemas enfrentados pelo Complexo Hospitalar que atende a macro região II com uma população de cerca de 800 mil pessoas de 32 municípios.

Cirone Deiró explicou que o secretário Fernando Máximo assumiu compromisso de resolver problemas que se arrastam há anos, a exemplo do conserto e manutenção de equipamentos essenciais ao funcionamento do Hospital Regional e do Heuro de Cacoal. Ele citou o conserto da autoclave do Heuro, equipamento essencial para higienizar e esterilizar os instrumentos cirúrgicos a uma temperatura elevada, medida necessária para destruir todos os agentes patogênicos, reduzindo assim, o risco de infecções hospitalares. “Aumentar o número de equipamentos de informática, contratar profissionais para as áreas que estão trabalhando com sua capacidade reduzida, retomar as cirurgias eletivas, equacionar o problema de transporte de pacientes, foram alguns dos compromissos assumidos pelo secretário Fernando Máximo,” assegurou.

Para o deputado, a iniciativa do secretário Fernando Máximo foi uma resposta emergencial para os grandes gargalos enfrentados pelos profissionais da saúde que atuam nos hospitais regionais de Cacoal, São Francisco do Guaporé e Heuro. Segundo ele, a partir de agora, a secretaria de estado da saúde-Sesau precisa apresentar um plano de investimento e gestão para o Complexo Hospital de Cacoal e também para o hospital regional de São Francisco do Guaporé. “Não é mais possível continuar realizando ações pontuais com base nas reivindicações dos médicos, servidores e pacientes, a secretaria de estado da saúde precisa ter um planejamento para essas unidades hospitalares e restabelecer os serviços de exames de ressonância e tomografia”, alertou.

Na avaliação do deputado Cirone Deiró, a presença do secretário nos municípios de Cacoal e São Francisco do Guaporé que sofrem as consequências de uma gestão centralizada da Sesau traz uma nova perspectiva para pacientes e trabalhadores da saúde dessas três unidades hospitalares do governo do estado. “Foi a primeira vez, que fizemos uma reunião de trabalho ouvindo quem está na ponta, quem sente as dificuldades do cotidiano para assegurar o atendimento a população”, afirmou. Além do deputado Cirone Deiró também acompanharam o secretário Fernando Máximo, o deputado Ismael Crispim e o líder do governo, deputado Luizinho Goebel (PV).


Texto: Edna Okabayashi-ALE/RO

Foto: Assessoria 

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu