<

No Dia do Assistente Social, palestra reforça compromisso da profissão na garantia da educação com qualidade



O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), realizou nesta quinta-feira (13), em plataforma on-line, o 1º Encontro dos Assistentes Sociais com a temática “Evasão escolar no contexto pandêmico”. A iniciativa faz alusão ao Dia do Assistente Social comemorado em 15 de maio.

Apesar das escolas serem predominantemente conhecidas pela presença de professores, os assistentes sociais também fazem parte do quadro de servidores da Seduc e possuem funções estratégicas para a comunidade escolar e para a garantia da efetividade da política pública do acesso à educação com qualidade.

A abertura do evento foi ministrada pelo convidado Jeffeson William Pereira, doutor na Universidade Federal do Amazonas e representante da Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social (Abepss), que apresentou a mensuração em números da evasão escolar no país. Tendo como referência o levantamento feito pelo Datafolha, no ano de 2020, quatro milhões de alunos entre seis e 34 anos abandonaram a escola. Os motivos apontados para a evasão escolar são a diminuição da renda, barreiras de acesso à tecnologia e incertezas sobre a melhora do cenário.

Para o doutor Jeffeson, o enfrentamento à evasão escolar não é restrita à Educação, mas é sim uma questão social, onde a solução para esse problema passa pelo âmbito da interdisciplinaridade e da intersetorialidade. Neste caminho de resolução, os assistentes sociais compõem a rede de apoio, tanto para aproximar as famílias das escolas, quanto para orientar sobre o direito a outras políticas públicas as quais as famílias, dependendo do perfil, têm direitos. Desta forma, é possível contribuir para minimizar os motivos pelos quais os alunos abandonam as escolas.

A assistente social, Laura Cristina Rodrigues, do Núcleo de Saúde Ocupacional da Seduc, mediadora da palestra, também reforçou que é preciso, inclusive para manutenção da saúde ocupacional, que os profissionais tenham a consciência que o enfrentamento da evasão escolar não é uma exclusividade da Educação, mas de toda uma rede de proteção social, sendo assim uma união de esforços para a garantia desse direito social que é o acesso à educação.

Professores, psicólogos e assistentes sociais, que também participaram do encontro, avaliaram positivamente as discussões e reforçaram o compromisso com a educação de qualidade em Rondônia.

POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO

O governo estadual tem investido de forma estratégica e intensa na educação dos rondonienses, com destinação do orçamento que supera ao exigido por lei. Com foco em preparar as escolas para o pós-pandemia, e ao mesmo tempo, atento às necessidades sociais da comunidade escolar acentuadas no período da pandemia criou iniciativas para amparar esse público:
BUSCA ATIVA – O projeto “Busca Ativa” tem a proposta de monitorar e ajudar alunos que estejam fora da escola ou com risco de evasão para voltarem ou se manterem ativos nas atividades escolares.
KITS ALIMENTAÇÃO – Os kits contendo produtos provenientes da agricultura familiar são destinados às famílias dos alunos matriculados na rede pública estadual.
CARTÃO ALIMENTAÇÃO ESCOLAR – O Governo destinou, neste mês de maio, R$ 14.632.500 para dar continuidade à transferência de renda aos alunos matriculados na rede pública estadual em situação de vulnerabilidade social.
REFORMAS E NOVAS CONSTRUÇÕES – O Estado ultrapassou os 25% de investimento do orçamento em Educação, previstos por lei, em 2020, e deve se manter assim. Os recursos aplicados resultam em diversas escolas reformadas, novas estruturas construídas e equipamentos entregues para melhorar as condições de ensino.
SAÚDE – O retorno às aulas presenciais só será feito com o avanço da vacinação contra a covid-19, para que aconteça de forma segura para servidores, estudantes e todas as famílias rondonienses. Enquanto isso, as aulas acontecem de forma remota com uso de tecnologia, e para os que têm dificuldade de acesso tecnológico, há a oferta de atividades impressas, reforçando assim a responsabilidade em garantir a educação.


Texto: Vanessa Moura
Fotos: Cléber Souza
Secom - Governo de Rondônia

Postar um comentário

0 Comentários