<

Governo de Rondônia dá ordem de serviço para reabilitação total da RO-460 em Buritis


A quinta-feira (20) é considerada um dia histórico para a região de Buritis com o anúncio do fim definitivo dos transtornos de trafegabilidade na RO-460 e da recuperação de vias municipais. O governador de Rondônia, Marcos Rocha, deu ordem de serviço para a reabilitação total da rodovia, de Buritis até a BR-421, sentido Ariquemes, um total de 60 quilômetros, sendo 54 quilômetros no perímetro rural e seis quilômetros no perímetro urbano.

A obra é feita com recurso próprio do Governo de Rondônia, com execução direta do Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), com duração prevista de 18 meses. Os serviços vão muito além de uma recuperação, é uma reabilitação total, ou seja, uma obra completa, que já envolveu estudos de solo, e será preciso refazer a base e sub-base, alargamento da via para criação de ciclovia, fazer terraplanagem, para então a rodovia receber asfalto de qualidade.

O governador Marcos Rocha, ao lado do diretor-geral do DER, Elias Rezende, acompanhou o andamento da obra que encontra-se na execução do primeiro lote de 11 quilômetros, próximo ao Portal da cidade. O vai e vem de maquinários encheu a população de esperança e de um brilho nos olhos singular de ver o Estado avançado de uma forma sem igual, mesmo diante de tantos desafios.

Para fazer esse investimento com grande impacto social e econômico, o governo estadual precisou superar um cenário desfavorável que encontrou no início da atual gestão, em 2019, com déficit orçamentário de R$ 420 milhões e gastos inesperados com a pandemia em 2020 na guerra por salvar vidas, que continua, mas um pouco mais atenuada com o avanço da vacinação. Em 2021, com mais fôlego econômico, o Estado está intensificando as obras.

“Muitos estados estão travados economicamente, mas Rondônia não parou e nem vai parar. Estamos aplicando com responsabilidade recursos públicos nos municípios, fazendo o resgate do que é correto e justo para beneficiar a população”, garantiu o governador, que tem comandado diversas obras em todo o Estado em diferentes eixos de desenvolvimento.

O desenvolvimento em Rondônia está associado à qualidade máxima de transparência das ações, com reconhecimento nacional e internacional e o trabalho de excelência para o equilíbrio econômico que lhe rendeu o inédito triplo A em solidez fiscal.

ALTO PADRÃO DE QUALIDADE

A obra da RO-460 é executada com alto padrão técnico e considerada essencial diante da deterioração que a rodovia encontra-se. “Buritis é um município muito importante para Rondônia, com gente descente que produz. Nós, desde o início da gestão, mesmo com deficiência orçamentária já estudávamos que o início das obras na RO-460 seria em 2021. Fizemos os estudos e hoje viemos dar a ordem de serviço, fazendo ela novamente e integralmente, ou seja, é a reabilitação total dessa rodovia para celeridade do escoamento da produção, assim também como trazer segurança e dignidade para o ir e vir da nossa população”, afirma o governador.

“A RO-46O é a mola propulsora da economia da região, tem grande importância para o escoamento da produção. Já de início vamos abrir uma frente de três quilômetros de terraplanagem, para em seguida vir com pavimentação asfáltica e daremos prosseguimento na terraplanagem. O primeiro lote tem 11 quilômetros e sete quilômetros destes já vamos deixar a marcação da ciclovia pronta, pois a população dessa região usa muito a rodovia para prática do ciclismo. Nós estamos pensando na segurança das pessoas. O DER não vai sair daqui enquanto não concluir a obra”, garantiu Elias Rezende.

O diretor-geral do DER adiantou ainda que está é uma obra complexa, pois quase nada da estrutura antiga será aproveitada. “Vamos aproveitar pouca coisa dessa rodovia que foi feita lá no passado. A largura da rodovia está fora do padrão, estamos ajustando. Não tem uma sub-base preparada para o peso que ela recebe atualmente. Vamos corrigir isso, vamos corrigir o leito, subleito, fazer base, sub-base e ter pavimentação asfáltica com pelo menos 50 centímetros de espessura”.

IMPACTO SOCIAL

Da sua casa à margem da RO-460, o aposentado José Leocádio Neto, 78 anos, contemplava com uma alegria no olhar o início das obras que tanto esperava. “Já moro em Buritis há 30 anos e vi os usuários sofrerem com essa rodovia por não ter atenção do Poder Público. A situação era tão complicada que nós até nos sentíamos abandonados. Hoje estamos vendo o início dessa obra, que tenho certeza que será concluída, porque sentimentos que é um trabalho com muita responsabilidade que o Governo tem feito. É uma alegria muito grande”.

O aposentado José Campos, 63 anos, já morou em Buritis por 11 anos, e atualmente reside em Ariquemes, mas está sempre transitando pela RO-460 para visitar familiares e destacou o contentamento com a obra. “Tenho prazer de estar aqui neste momento do começo da obra na RO. O trabalho que o Marcos Rocha, nosso governador, está fazendo é louvável, algo para durar por muito tempo. É um trabalho de um Governo que tem responsabilidade com o dinheiro público”.

Para o caminhoneiro Marcelo de Siqueira, a obra representa o fim dos transtornos em transitar pela rodovia. “Está muito precária, muito acidente acontecendo devido a estrada, precisa mesmo fazer uma estrada melhor, pois está dando muito prejuízo com pneu, mola; temos que dirigir bem devagarinho devido os buracos”.

Outro caminhoneiro, Edmilson Marinho também avaliou positivamente a obra. “A hora que a rodovia fica muito difícil para nós caminhoneiros é quando estoura pneu. Já vi vários acidentes. É muito importante que refaça a rodovia, pois a gente depende muito dela”.

NOVAS OBRAS NA REGIÃO

O governador Marcos Rocha anunciou ainda que o Poder Executivo vai assumir a recuperação com drenagem e encascalhamento de duas vias municipais da região, ou seja, obras de responsabilidade da prefeitura, mas que o Estado assumiu para atender a demanda da população de ter acessos seguros.

Trata-se da linha 1 de acesso de Buritis ao distrito de Rio Pardo, com cerca de 80 quilômetros da linha 67, de acesso do distrito de Rio Pardo até Jaci-Paraná. “Queremos ajudar nossa população o máximo possível”, garante o governador.

RECURSO ESTADUAL

O governador Marcos Rocha ainda destacou na região que a economia de recursos públicos, com o corte de contratos desnecessários e demais medidas de enxugamento da máquina pública permitiram agora em 2021, o Governo de Rondônia lançar três programas de aplicação de mais de R$ 800 milhões de recurso próprio do Estado nos 52 municípios: “Tchau Poeira”, “Governo na Cidade” e “Governo no Campo”.

O “Tchau Poeira” é destinado a asfaltar, recuperar e sinalizar as vias públicas urbanas dos municípios; “Governo na Cidade” é para restauração, revitalização, conservação, implantação e melhorias às infraestruturas, espaços e mobiliários públicos de uso comum, como as praças; e o “Governo no Campo” é para ajudar os produtores rurais com obras porteira adentro.

O governador ainda ressaltou a criação do Programa de Apoio às Micros e Pequenas Empresas e Empreendedores de Pequenos Negócios do Estado de Rondônia (Proampe) para socorrer financeiramente os pequenos negócios e o projeto para construção do novo Hospital de Emergência e Urgência (Heuro), que avança, sendo que o processo para definir a empresa que será responsável pela obra deve ser concluído no começo do segundo semestre desse ano.

Marcos Rocha reafirmou que está atento às necessidades da população dos 52 municípios.


Texto: Vanessa Moura
Fotos: Ėsio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Postar um comentário

0 Comentários