Emater reúne 500 técnicos e agricultores em webinar sobre qualidade do processamento do capim BRS Capiaçu



Dando continuidade ao programa de Capacitação em Serviços de Ater (Capes), a Entidade de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RO), reuniu através de plataforma on-line cerca de 500 pessoas para falar sobre a formação de silos com a variedade de capim BRS-Capiaçu. A webinar foi promovida pelo Governo do Estado de Rondônia, numa parceria entre a autarquia, a Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri) e o Instituto Federal de Rondônia (Ifro) para capacitar técnicos e agricultores sobre a qualidade do processamento do capim para abastecer o rebanho de bovinos durante o período da seca.

Dos participantes, 240 eram técnicos extensionistas da Emater-RO, que atuam nos 52 municípios do Estado. A palestra também foi transmitida pelo canal do Youtube para que produtores rurais e demais interessados também pudessem ter acesso e conhecer o trabalho que vem sendo feito na área.

Professor Rafael Reis, especialista em silagem com BRS-Capiaçu

A Capes é uma metodologia da assistência técnica e extensão rural que busca enfrentar os desafios de modernização dos serviços oferecidos através da capacitação e atualização do corpo técnico da Emater. Desde o ano passado, a Entidade vem oferecendo cursos que, além de desenvolver o profissionalismo de seu quadro técnico, oferece aos produtores a possibilidade de conhecer novas tecnologias e aplicá-las em suas propriedades.


A produção de silos é muito importante para a melhoria da alimentação do gado leiteiro, especialmente em período de estiagem, como os que costumam acontecer em Rondônia. É um período em que a pastagem está seca, escassa, e o produtor encontra dificuldade para alimentar seu rebanho. Geralmente produzida com milho e sorgo, a produção de silos com a variedade capiaçu vem sendo implantada por apresentar grande vantagem nutricional para os animais e economia para o produtor rural.

O Capiaçu, variedade de capim desenvolvida pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) do setor gado de leite, já demonstrou alto rendimento de matéria seca com elevado teor de proteína e menor custo ao produtor, principalmente quando comparado com outras forrageiras. Traz como vantagem ainda poder ser usada verde, picada no cocho ou na forma de silagem, obtendo, neste caso, uma redução de custos de até 70% em relação à silagem de milho. Estudos também já demonstraram que a variedade clonada possui um melhor rendimento e baixo custo de produção, chegando a produzir 50 toneladas ao ano por hectare, desde que sejam tomados todos os cuidados de manejos.

A palestra foi ministrada pelo professor especialista Rafael Reis, do Ifro Campus Colorado D’Oeste que, junto com seus alunos, vem realizando diversas pesquisas no manejo com o capim BRS Capiaçu. As técnicas vêm sendo realizadas ao longo dos últimos anos e os resultados que se têm obtido com essa variedade tem se mostrado satisfatórios.

Para o diretor técnico da Emater, Anderson Khül, que organizou o evento, o professor Rafael é um grande especialista no assunto, pois abordou de forma muito didática, e com clareza, todos os pontos para uma boa produção de silos, e trouxe grande contribuição tanto para os técnicos como para todos os participantes interessados na produção de silos com qualidade.


Fonte
Texto: Wania Ressutti
Fotos: Rafael Reis e Wania Ressutti
Secom - Governo de Rondônia

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu