<

Com mapeamento, Funcer vai dar suporte a grupos teatrais amadores em associações, escolas e igrejas



A Fundação Cultural do Estado de Rondônia (Funcer) pretende mapear e cadastrar grupos de teatro, dançarinos e artistas independentes em Artes Cênicas no Estado. A entidade incentivará também o intercâmbio e buscará aproximá-los cada vez mais de suas atividades em incentivo a essa classe, visando o período pós-pandemia.

Anteriormente, o Governo de Rondônia possuía um cadastro contendo os grupos mais atuantes. Com a ajuda de grupos teatrais de Ariquemes, a Funcer agora retoma o trabalho para obter a relação completa.

De acordo com o diretor do Departamento Artístico da Funcer, Nery Rodrigues, a iniciativa vai ao encontro de metas mais objetivas possíveis em 2021, ano ainda afetado pela pandemia mundial do novo coronavírus. “Além desse contato, nossa ideia visa dar suporte aos grupos existentes em associações de classe, escolas e igrejas, principalmente, aqueles que não dispõem de espaço para ensaiar. De que maneira apoiá-los, eis o que vamos buscar”, assinalou Rodrigues.

Segundo o diretor, muitos grupos não sabem ainda como participar dessa pauta da Funcer, mas contarão com maiores informações a partir da inscrição. “Depois de completado o levantamento, com autorização governamental promoveremos uma grande reunião para que todos recebam esclarecimentos a respeito de editais e tudo o mais que exija a participação de cada um”.

O passo seguinte será a elaboração de projetos que resultem na arrecadação de recursos para cada grupo artístico ou artistas independentes. Isso, conforme Rodrigues, visará o período pós-pandemia.

Na próxima segunda-feira (10), a Funcer tornará disponíveis no Facebook e no Portal do Governo, as inscrições, mediante o preenchimento de um formulário.


Texto: Montezuma Cruz
Fotos: Daiane Mendonça e Festival Madeira
Secom - Governo de Rondônia

Postar um comentário

0 Comentários