<

Boas práticas do Banco de Leite Humano de Rondônia são compartilhadas em Fórum de Cooperação Técnica Internacional



O Governo de Rondônia, por meio do Banco de Leite Humano da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), contribuiu com o compartilhamento de boas práticas no Fórum de Cooperação Técnica Internacional de Doação de Leite Humano que teve na manhã desta segunda-feira (17) a abertura da programação de três dias com discussões alusivas ao Dia Mundial de Doação de Leite Humano, comemorado em 19 de maio.

A troca de lições aprendidas durante a pandemia de covid-19 e o planejamento de novas ações são as principais pautas discutidas no fórum, que é transmitido com tradução para português, espanhol e inglês pela página no YouTube da Rede Global de Bancos de Leite Humano (rBLH), responsável pela realização do evento, e tem a participação de mais de 30 países.

A coordenadora do Banco de Leite Humano de Rondônia, Edilene Macedo, destacou as inovações desenvolvidas no Estado diante da necessidade de superar os medos causados pela pandemia com técnica e humanização para manutenção da ação nobre e essencial, que é a doação de leite materno, pois cada frasco contribui para que bebês tenham a garantia da sua alimentação e, desta forma, ajuda recém-nascidos a vencerem a luta pela vida.

‘‘Foi preciso nos desconstruir das formas que pensávamos serem as únicas para fazer o Banco de Leite funcionar, então a pandemia nos trouxe a lição de desconstrução, pois a nossa realidade eram ações presenciais, fazendo atividades com grande número de pessoas e a pandemia veio nos mostrar que já não era possível ser feito dessa forma, e na nossa reconstrução percebemos que é possível fazer as mesmas atividades ou até mais, utilizando a tecnologia na realização de lives, webinar, divulgação em mídias sociais e até mesmo o cadastro on-line das doadoras para manter os estoques’’, disse.

A coordenadora ainda pontuou o planejamento de ações que devem fortalecer a doação de leite em Rondônia como o estudo de implantação de um novo banco de leite no interior, em Ouro Preto do Oeste; ativação do Comitê Aleitamento Materno e o uso de podcast para expandir a divulgação da unidade. O Banco de Leite Humano de Rondônia fica localizado no Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro (HB), em Porto Velho, podendo ser contactado pelo 3216-5715 .

Após o compartilhamento de experiências brasileiras, o fórum prosseguiu com o relato das vivências da cooperação internacional e foi encerrado com propostas de novas ações para avançar na missão de fortalecer a doação de leite humano.

A coordenadora da Saúde da Criança do Ministério da Saúde, Janini Ginani, ressaltou os grandes impactos positivos por meio da aplicação dos valores universais da Rede Global de Bancos de Leite Humano. ‘‘Esse é um evento de grande magnitude que traz avanços conquistados com muito esforço durante a pandemia, mas o que quero ressaltar são os valores universais da rede como a própria inovação, transparência e compromisso com a verdade. Tem a premissa de trazer informações científicas, fundamentadas em informações sólidas, a rede e segurança’’, considera.

Os esforços conjuntos de todos os envolvidos na Rede Global de Bancos de Leite Humano para salvar a vida das crianças, garantindo o acesso ao leite materno, foi resumido pelos sentimentos de agradecimento e orgulho pelo coordenador da rGBLh, João Aprígio. ‘‘Obrigado por tudo que esse movimento está fazendo. Há um ano [com a pandemia] estávamos vivendo uma situação de pânico, desespero e apreensão, mas a união, o compromisso, o esforço e a ciência foram nossas fortalezas para superar, inovar e ainda alcançar resultados em 2020 superiores aos de 2019’’, assegura.

ESTOQUE EMERGENCIAL PARA CALAMIDADES

Durante o fórum, foi proposto o compromisso de construir projeto para criar estoque de alarme de leite humano para enfrentamento em momentos de crise, onde cada banco de leite fique responsável por um percentual, além de pensar no fortalecimento da comunicação com a população.

PROGRAMAÇÃO

O Fórum de Cooperação Técnica Internacional de Doação de Leite Humano é dividido em três eixos temáticos. Nesta segunda-feira, o tema foi “Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano – Inovações para Transpor a Pandemia”. Na terça-feira (18) será tratado sobre ‘‘Bancos de Leite Humano no Enfrentamento à Covid-19: Ações Estratégicas do Local ao Global”; e na quarta-feira (19) o tema será “Amamentação, Doação de Leite Humano e Vacinação Contra a Covid-19 e Avanços do Conhecimento”.


Texto: Vanessa Moura
Fotos: Frank Néry
Secom - Governo de Rondônia

Postar um comentário

0 Comentários