<

Escrivã que desviava droga de Delegacia é presa com R$ 50 mil



Uma servidora da Prefeitura de Alto Garças (357 km de Cuiabá) cedida para função escrivã ‘ad hoc’, temporária para suprir uma falta, foi presa desviando entorpecentes da Delegacia de Polícia, nessa quinta-feira (1º). Com ela foram encontrados R$ 50 mil e vários aparelhos celulares.

Segundo a Polícia Judiciária Civil (PJC), a mulher teria desviado 30 kg de droga da unidade. Também foram presos o irmão da servidora, de 25 anos, e um outro rapaz, de 23 anos, que estariam envolvidos no esquema. A dupla era responsável pela venda das drogas.

Na casa da mulher foram encontrados R$ 50 mil em espécie, debaixo do sofá, quantia que foi apreendida. Além disso, os policiais apreenderam notebooks, celulares e três veículos.

A escrivã nega as acusações, no entanto, seu irmão confessou e contou todo o esquema.

A Polícia investiga o caso e busca por mais envolvidos.


Fonte: RepórterMT
Foto: Divulgação/Policia Civil

Postar um comentário

0 Comentários