<

Parceria entre Governo de Rondônia e instituição financeira estimula crédito rural e fortalece o agronegócio



O ano de 2020 foi extremamente atípico e o agronegócio foi um dos pilares econômicos do Estado que conseguiu se superar e ter possivelmente o menor impacto das consequências da pandemia do novo coronavírus. O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), tem buscado várias parcerias para ajudar o desenvolvimento do agronegócio no Estado, como por exemplo, novas linhas de crédito rural para produtores realizarem financiamentos.

Em 2020, foram beneficiados mais de 24 mil produtores só no segmento do agronegócio, por meio das linhas de crédito de uma instituição financeira. Na agricultura familiar, por intermédio das linhas do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) do Governo Federal e crédito fundiário, foram investidos mais de R$ 1,1 bilhão. Já na agricultura empresarial foram quase R$ 600 milhões, totalizando R$ 1,8 bilhão de investimentos para o agronegócio de Rondônia.

O segmento de pequenos e médios produtores foi os que mais demandou crédito bancário em Rondônia e que, consequentemente, recebeu maior apoio creditício. De acordo com o secretário da Seagri, Evandro Padovani, as linhas de créditos são importantes para potencializar as oportunidades e projetos de crescimento dos produtores rurais. “As linhas de crédito estão à disposição dos grandes, médios e pequenos produtores rurais para realizar seu projeto de vida e, consequentemente, aumentar a produção e renda familiar. Com esses investimentos é possível também atrair empresários para a instalação de indústrias no Estado. Somos gratos por essas parcerias que tem contribuído para o crescimento do agronegócio do Estado”, disse Padovani.

O superintendente da instituição bancária, Edson Lemos, disse que o financiamento está disponível para o produtor que está iniciando seu negócio, ampliando ou para a manutenção dos seus projetos. Segundo ele, há vários exemplos de produtores que, ao ter acesso a um financiamento, conseguiram ampliar os seus rebanhos, melhorar a estrutura das propriedades, adquirir um equipamento tipo: trator, ordenhadeira, entre outros.

O secretário Padovani ainda ressaltou que as linhas de créditos são oportunidades de conquistas e de crescimentos. A Seagri tem recebido um forte apoio do governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, no intuito de fazer o crédito chegar ao homem do campo, por meio da assistência técnica e projetos agrícolas e na contratação de 35 técnicos que estão trabalhando junto ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para a emissão de 16 mil títulos rurais, pelo Projeto Regulariza Rondônia Brasil!.

“Nos próximos anos, Rondônia terá mais investimentos das agências bancárias no setor produtivo. O Estado tem a menor taxa de inadimplência de financiamento rural da região Norte. Vamos continuar buscando o melhor para nossos produtores rurais, para o nosso agro crescer e continuaremos unindo forças para superar os desafios e adversidades e fazer de Rondônia cada vez mais forte”, finalizou Padovani.


Fonte: Secom - Governo de Rondônia
Foto: Irene Mendes e Frank Néri

Postar um comentário

0 Comentários