<

Nova etapa de vacinação contra a Covid-19 é iniciada em Porto Velho



A vacinação contra a Covid-19 aos grupos prioritários da Fase 1 segue em andamento no Município. Na manhã desta quarta-feira (10) mais uma etapa do Plano de Imunização começou a ser executada pela Prefeitura de Porto Velho.

Na prática, a nova fase acontecerá entre os dias 10 e 12 de março, no Centro Universitário São Lucas – campus 2 (antiga Ulbra), das 9h às 16h, respeitando todos os protocolos de saúde.

Nessa etapa, a vacinação é destinada a cerca de dois mil profissionais e trabalhadores da saúde que já receberam a primeira dose do imunizante Coronavac. São profissionais que lidam diretamente com pacientes suspeitos ou com casos já confirmados da Covid-19. Ao mesmo tempo, pertencem a um grupo indispensável na luta contra a pandemia.

Segundo a gerente de imunização do Município, Elizeth Gomes, a vacinação deste grupo acontece por meio de dados e relação nominal enviados pelos estabelecimentos de saúde. O esquema segue a orientação preconizada pelo Governo Federal.

“A escolha desses grupos prioritários é uma orientação do Ministério da Saúde. Cada lote recebido vem acompanhado de uma nota técnica informando qual grupo será priorizado com aquelas doses”, explica Elizeth Gomes.

Outras 2.400 doses são destinadas a trabalhadores que receberão a primeira aplicação. De acordo com o Plano de Imunização, entram nesse grupo os trabalhadores do sistema funerário, como coveiros e encarregados de campo dos cemitérios particulares e públicos; servidores da Secretaria Municipal de Assistência Social e da Família (Semasf), entre eles psicólogos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e assistentes sociais que atuam com pacientes com Covid-19; e trabalhadores da Defesa Civil Municipal que atuam na força-tarefa das enchentes, além de conselheiros municipais e estaduais de saúde que executam atividades dentro de estabelecimentos de saúde.

Além destes, serão atendidos também os profissionais de saúde das seguintes unidades: Hospital São Pelegrino, Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Rondônia (Fhemeron). O Plano contempla, ainda, trabalhadores de saúde que estavam relacionados para a vacinação e que, por algum motivo, não puderam receber a primeira ou segunda dose na data agendada.

A servidora Ana Emanuela trabalha na Unidade Básica de Saúde do bairro Marina e recebeu na manhã de quarta-feira (10) a segunda dose da Coronavac. Ela destaca a importância da imunização de quem está na linha de frente de combate ao vírus.

“Diante de tanta incerteza, a vacina traz a esperança de que podemos continuar contribuindo com maior segurança. E esperamos que no futuro ela possa alcançar um maior número possível de pessoas”, afirma a servidora.


Texto: Pedro Bentes
Fotos: Emílio Thiago
Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Postar um comentário

0 Comentários