Morte do Professor Matias comove membros da Escola do Legislativo



Após mais de dois meses lutando contra o coronavírus, o professor, historiador, radialista, colaborador permanente e espontâneo da Escola do Legislativo (EL), que pertence a Assembleia Legislativa (ALE), Francisco Matias veio a óbito na madrugada de hoje (25). O diretor-geral da EL, Fábio Ribeiro lamentou a perda para Rondônia do Professor Matias.

Internado por complicações com o coronavírus há mais de 60 dias, o Francisco Matias teve o quadro clínico agravado nos últimos 40 dias. Conseguiu sair do tubo, mas novas infecções acabaram ceifando a sua vida.

O professor Matias foi um pioneiro na colonização do Estado. Segundo o diretor da escola dos deputados, Fábio Ribeiro, ele sempre se prontificou a colaborar, espontaneamente com as causas da escola. “Nunca negou um convite para palestrar, ensinar, discutir, analisar e manter acesa a chama do conhecimento, da história de Rondônia”, diz Fábio.

O professor, segundo Fábio, sempre esteve presente nos momentos marcantes da escola, que tem a responsabilidade de aprimorar o atendimento do servidor público (federal, estadual e municipal) com dezenas de cursos ministrados na sede em Porto Velho e também em trabalhos itinerantes no interior. “Hoje, assim como todos os demais segmentos da sociedade estamos sendo prejudicados com a pandemia, mas cientes, que em breve retomaremos nossas atividades presenciais”, argumenta.

“Tínhamos muitos planos com o professor Matias para a escola este ano, mas infelizmente ele nos deixou prematuramente. Ele merece toda a gratidão e o carinho dos membros da nossa escola. Matias se foi, mas deixou um legado invejável de dedicação, conhecimento, simplicidade e amor pelo nosso Estado. Que Deus conforte sua Família”, conclui Fábio Ribeiro.


Texto: Assessoria de Imprensa da Escola do Legislativo - ALE/RO

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu