<

Lazinho da Fetagro pede recuperação de estradas e ponte no Cone do Sul do estado



O deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT) registrou que o estado de Rondônia tem a agropecuária como base de sua economia e, por isso, destaca a importância de manter as estradas trafegáveis, para que toda produção possa ser escoada. Assim, o deputado, tem estado atento às demandas dos municípios em todas as regiões do Estado. A recuperação de estradas e pontes na região do Cone Sul foi reivindicada ao Governo do Estado, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes (DER).

Lazinho da Fetagro indicou a necessidade de recuperação da RO 497, no trecho entre a Vila Neide até a ponte do Rio Escondido, município de Cabixi. Explicou que recentemente teve início a colheita na região e o tráfego de caminhões pesados é muito grande, e, por estarmos em período chuvoso, os problemas começaram a aparecer sendo uma preocupação, já que é uma das principais rotas de escoamento da produção do Cone Sul.

Outro pedido foi para que seja providenciada a manutenção do bueiro localizado na RO 485 (linha 03), a 10 km da RO 370 (Linha Terceiro Eixo), sentido Colorado do Oeste. O bueiro representa um perigo sem o reparo, principalmente neste período de chuva, e, ainda, por estar encoberto pelo mato; o que propicia ainda mais a ocorrência de acidentes.

A recuperação da ponte sobre o Rio Vermelho, na RO 020, sentido Verde Seringal a Colorado Do Oeste, também está entre as reivindicações do deputado. Ocorre que o tráfego na ponte está inviabilizado, prejudicando o acesso e colocando em risco quem precisa passar. Além de se tratar de um trecho essencial no transporte da produção agrícola.

Para o deputado, manter as rodovias estaduais em bom estado de conservação e trafegabilidade, minimizando os problemas pontuais, precisa ser uma meta a ser alcançada. “Sabemos que nesse momento de pandemia a saúde necessariamente tem recebido atenção redobrada. Mas ações que continuem garantindo e melhorando o escoamento das produções, trazendo segurança às pessoas, precisam ter continuidade, até para o próprio enfrentamento do coronavírus”.


Texto: Assessoria
Foto: Marcos Figueira-ALE/RO

Postar um comentário

0 Comentários