<

Hacker invade celular, expõe menina de 10 anos no Facebook e ameaça colocar imagem da criança em site adulto



Uma empregada doméstica de 29 anos, que mora no setor de chácaras de Vilhena, procurou a reportagem na tarde desta sexta-feira, 19, e relatou um episódio ultrajante, envolvendo sua sobrinha, uma menina de apenas 10 anos, que foi vítima de hackers.

Um mês atrás, o pai deu um celular à garotinha, que criou um perfil no Facebook, onde postou duas fotos suas. As imagens, no entanto, foram copiadas pela pessoa que invadiu o aparelho, e que começou a usá-las no Facebook, escrevendo mensagens pornográficas em nome da menina.

Numa das postagens falsas em nome da criança, o texto deixava um número de contato no WhatsApp para quem quisesse ter ralações com ela. Em instantes, começaram a chover mensagens de homens adultos no aplicativo da mãe, todos interessados nos atos falsamente propostos.

Ao perceber que o aparelho da filha havia sido invadido, e que ela estava sendo exposta nas redes sociais e no aplicativo, a mulher de 32 anos, moradora do bairro Cristo Rei, em Vilhena, registrou uma queixa na polícia.

Com isso, a pessoa que supostamente teria hackeado o celular passou a se comunicar por mensagens com a mãe da vítima. Numa delas, a mulher ameaça colocar as imagens da menina no site de pornografia.


Fonte: Folha do Sul Online
Foto: Reprodução/Folha do Sul Online

Postar um comentário

0 Comentários