<

Grupo de 6 municípios forma consórcio para compra de 115 mil doses da AstraZeneca



Os municípios de Candeias do Jamari, Colorado do Oeste, Urupá, Rolim de Moura, Cujubim e Nova Mamoré encaminharam documentos à empresa representante do laboratório Oxford/AstraZeneca, domiciliada em Recife, e apresentaram proposta para compra de 115 mil doses da vacina contra a Covid-19. Os contratos, no entanto, não foram assinados, segundo informações da Associação Rondoniense de Municípios (AROM).

Outros seis municípios (Cabixi, Corumbiara, Espigão do Oeste, Primavera, São Felipe e Costa Marques) estão reunindo a documentação exigida pela indústria farmacêutica. Por outro lado, as prefeituras de Porto Velho e Ariquemes estão com os contratos assinados e os recursos disponíveis em conta, aberta e depositados os valores com essa única finalidade, para efetuar o pagamento logo que os imunizantes aterrissarem em solo rondoniense.

Porto Velho adquiriu 400 mil doses e Ariquemes outras 110 mil. O custo do imunizante da Oxford/AstraZeneca é de US$ 7,90.

Imunização

As 115 mil doses negociadas pelos 6 municípios poderão imunizar 35% da população com aplicação das duas doses. Rolim de Moura e Nova Mamoré tem o maior número de habitantes do grupo com mais de 30 mil moradores. Já Urupá, por exemplo, tem o menor índice chegando a 11.272 habitantes.

Impasse

O prefeito de Ji-Paraná, Isaú Fonseca, questionou os valores cobrados pela representante do laboratório AstraZeneca no Brasil. Ele disse que entrou em contato com outra empresa e que o valor caiu para menos de 4 dólares. Em razão da discórdia de tarifas, os demais prefeitos integrantes do Consórcio Público Intermunicipal de Rondônia (Cimcero) não aderiram a proposta fechada originalmente com Porto Velho e Ariquemes.


Fonte: Rondoniagora

Postar um comentário

0 Comentários