<

Família pede ajuda para deixar casa, mas desiste com chegada da Defesa Civil da Redação



Mesmo sabendo do perigo de ter a casa invadida pela água, uma família que reside em um local de risco conhecido como Beco do Gravatal, no Bairro São Sebastião, em Porto Velho, recusou a ajuda da Defesa Civil Municipal para sair do imóvel na tarde desta terça-feira (2).

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Edmilson Hobold Machado, a própria família teria pedido ajuda do município para sair da residência. As equipes se mobilizaram, mas quando chegaram para fazer a remoção a proprietária da casa se recusou a sair.

Ainda segundo o coordenador, nesta época do ano, as equipes enfrentam resistência por parte de alguns moradores que se negam a sair de suas casas mesmo sabendo que a qualquer momento o imóvel pode ser invadido pela água.

Na tarde desta terça-feira, o rio Madeira registrou a conta de 16,40 metros. Em outros pontos da cidade, como por exemplo, na Rua Jacy Paraná, Rua Alexandre Guimarães, a região central de Porto Velho, a água já invadiu casas e ruas.

A Defesa Civil segue monitorando as famílias que residem em áreas de risco no perímetro urbano cidade e no baixo Madeira.



Fonte: Rondoniagora

Postar um comentário

0 Comentários