<

Deputados fazem encaminhamento ao Governo para baixar em 20% salários dos representantes dos Poderes executivo, legislativo e judiciário em cargos de alto escalão



Durante a reunião da Comissão de fiscalização do decreto da Covid-19, desta quarta-feira (17), um assunto ganhou bastante destaque, o encaminhamento ao Poder Executivo, para criação de um projeto de Lei que solicita que em casos de lockdown, seja estabelecida a baixa de 20% dos salários dos deputados estaduais, governador, vice-governador, secretários superintendentes, juízes, desembargadores, procuradores, promotores, defensores públicos e conselheiros do Tribunal de Contas do Estado.

Segundo os deputados Eyder Brasil (PSL) e Anderson Pereira (PROS) diante dos números cada vez mais crescentes de casos de Covid-19 e fechamento constante do comércio, é preciso cortar na própria carne.

O deputado Eyder Brasil deixa claro que, o corte nos vencimentos seria por um prazo determinado e voltado somente para os mandatários. “O corte salarial sugerido seria por 6 meses. Nesse momento, precisamos unir forças em combate a esse terrível vírus. Não tem jeito, é preciso cortar na carne, para atendermos a necessidade da pandemia”, enfatizou.

O objetivo de abrir mão de um percentual dos seus vencimentos mensais seria voltado para investir no combate a pandemia, com criação de leitos de UTI, aquisição de medicamentos, vacinas e demais insumos necessários à população.

Ainda de acordo com Eyder Brasil, não seria justo com a classe empresarial, que tanto tem sofrido com restrições e uma sequência de lockdown, que o poder público permaneça recebendo normalmente. “Comerciantes e empresários estão de portas fechadas, sem poder arrecadar e manter seus próprios negócios. O exemplo deve partir de nós. Vamos recomendar ao governador Marcos Rocha que crie esse Projeto de Lei e encaminhe para aprovação desta Casa de Leis”, finalizou o deputado.


Texto: Assessoria
Foto: Diego Queiroz-ALE/RO

Postar um comentário

0 Comentários