TRIGO: Mesmo em meio à baixa liquidez, preços sobem em janeiro



Os preços do trigo estiveram firmes no mercado brasileiro ao longo de janeiro, mesmo em meio à baixa liquidez. De acordo com pesquisadores do Cepea, neste período de entressafra e de proximidade de planejamento da nova temporada, vendedores continuam retraídos e à espera de novas altas, já que a oferta de trigo de qualidade é restrita. Em relação à indústria moageira, parte dos agentes segue adquirindo lotes pontuais de trigo e mostrando dificuldades em repassar os atuais custos do cereal aos derivados, farinhas e farelos. Em janeiro, o preço médio do trigo no mercado disponível (negociações entre empresas) do Paraná foi de R$ 1.409,30/tonelada, avanços de 7,3% frente ao de dezembro/20 e de expressivos 55% ante ao de janeiro/20, em termos nominais. No Rio Grande do Sul, a média foi de R$ 1.349,83/t, altas de 4,6% em um mês e de 67,7% em um ano.


Fonte: Cepea

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu