DER executa serviços de aterramento no entorno da pista do Aeroporto José Coleto, em Ji-Paraná



Mesmo estando no período das chuvas, o Governo do Estado de Rondônia, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), não diminuiu o ritmo de trabalho. Entre as diversas frentes de serviços espalhadas por todo o Estado, uma das mais importantes é a responsável pelas adequações na infraestrutura no entorno da pista do Aeroporto José Coleto, em Ji-Paraná.

A obra é uma determinação do governador, coronel Marcos Rocha, em atenção às solicitações feitas pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), para garantia de maior segurança aos usuários do meio de transporte aéreo na região Central de Rondônia. De acordo com o residente regional do DER no município de Ji-Paraná, engenheiro Klayson Furtado, todas as normas relativas ao distanciamento social e higienização para evitar o contágio do novo coronavírus estão sendo cumpridas durante a obra. “Além da questão do período chuvoso, temos a pandemia da Covid-19 que tem afetado a todos. Ainda assim, estamos conseguindo dar continuidade aos trabalhos”, explica o engenheiro.

Estão sendo executados serviços de aterramento no entorno da pista, utilizando o próprio material do local onde foi feito o corte de um morro na área. “Este é um trabalho grande, que exige uma perícia técnica de engenharia e que demanda tempo. Nossas equipes estão trabalhando continuamente para que mais esta obra seja concluída, apesar do período chuvoso, auxiliando no desenvolvimento de Rondônia”, destaca o diretor-geral do DER, Elias Rezende.

O DER tem sob sua responsabilidade a recuperação, manutenção e melhoria de mais de 6 mil quilômetros de rodovias com e sem pavimentação, além de quatro usinas de produção de asfalto, quatro aeroportos e a fiscalização rodoviária dentro dos limites do Estado de Rondônia.


Fonte
Texto: Luiz Augusto Rocha
Fotos: Luiz Augusto Rocha
Secom - Governo de Rondônia

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu