Deputado Dr. Neidson se reúne com cúpula da Sesau para discutir retomada das obras do Hospital Regional de Guajará-Mirim



Parlamentar ainda esteve no DER para verificar situação de indicações para abertura de estradas em aldeias indígenas

Na manhã de quinta-feira (11), o deputado Dr. Neidson (PMN), acompanhado do vereador de Guajará-Mirim, Francisco Oro Waram (PSB) esteve na Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) onde se reuniu com o secretário Fernando Máximo e o adjunto da pasta, Nélio Santos.

Na pauta da reunião, a situação do Hospital Regional de Guajará-Mirim. Segundo Dr. Neidson, a Sesau já está formulando o termo para realizar a licitação que contratará a empresa responsável pela conclusão da obra do hospital.

“A Caixa Econômica Federal já liberou a planilha de preços do recurso encaminhado pela Sesau, cerca de R$ 2,6 milhões que será somado com os R$ 1,8, ou seja, um total de mais de R$ 4 milhões para concluir a obra. Acreditamos que daqui, 30, 60 dias o serviço já deverá estar sendo licitado”, ressaltou o deputado.

Ainda de acordo com o parlamentar, falta recursos para dar manutenção nos equipamentos que já estão instalados no hospital como gerador de energia, aparelhos de ar-condicionado, fábrica de gaze, entre outros itens.

“A Sesau me encaminhará toda a documentação que falta e os valores, que eu acredito que possa chegar a uma média de R$ 7 a R$ 8 milhões, segundo informações da própria pasta. Inclusive, já conversamos com o deputado federal Léo Moraes (PODE) que se comprometeu a também destinar recurso para ajudar o Estado a concluir essa obra, assim como também pretendo fazer”, enfatizou Neidson.

O cronograma do Barco Hospital Walter Bártolo foi outro assunto levantado pelo parlamentar que foi informado que não há cronograma durante a pandemia.

“Vamos pedir essas informações por escrito e solicitar que eles possam utilizar o barco hospital para atender a população ribeirinha. Eles alegam o risco de levar o coronavírus para dentro das aldeias, mas como acreditamos nos meios seguros de atendimento, vamos pedir o reinício das consultas”, afirmou Dr. Neidson.

DER

No Departamento de Estradas de Rodagens (DER), em conversa com o diretor geral adjunto da pasta, major Eder Dias, o deputado verificou a situação de algumas das suas solicitações ao órgão em relação à abertura de estradas que fará a ligação das aldeias indígenas.

“São estradas que farão a ligação desde a aldeia de Tanajura, passando pela aldeia de Santo André chegando até o distrito de Surpresa. Aliás, projeto este que prevê também o fornecimento de energia elétrica pela Energisa”, explicou.

De acordo com o deputado, o DER analisará o projeto, as questões de licenciamento ambiental e serviços topográficos.

“O diretor adjunto do DER, Eder Dias, nos afirmou que fará todo esse levantamento para ver em que situação está a viabilidade de abrir essas estradas. É demorado, mas estamos fazendo o possível para agilizar”, pontuou o deputado.

Dr. Neidson ainda conversou sobre a abertura de uma vala no Bairro Serraria, em Guajará-Mirim, indicação feita por ele ao diretor geral do DER, Elias Rezende, para amenizar as alagações na Avenida Doutor Antônio Lewerger.

“Fomos informados que a programação para essa obra iniciará assim que um outro serviço que está em execução em uma rodovia da região for concluído, mais ou menos no dia 22 de fevereiro”, concluiu o deputado.


Texto: Juliana Martins-ALE/RO

Foto: Assessoria

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu