<

Acusado de aplicar vários golpes em compras no site OLX é preso em flagrante



Policiais militares da Força Tática realizaram na noite de terça-feira a prisão do estelionatário identificado pelas iniciais [I. V F. M.], 23, acusado de aplicar golpes no site OLX através de compras com depósito de envelope vazio.

Ele foi interceptado em uma residência na Rua Clóvis Machado, bairro JK, na zona Leste de Porto Velho (RO) após tentar aplicar golpe na esposa de um policial militar.

Segundo apurou o site, a mulher estava vendendo um aparelho iPhone pelo valor de R$ 1.800,00 e o acusado se apresentando com o nome de inicial [D.] demonstrou interesse. Ele em seguida mandou foto de um comprovante de depósito e disse que um sobrinho ia até a casa da mulher buscar o telefone.

Todavia, a vítima ao olhar no aplicativo do banco viu que o dinheiro não tinha caído na conta e constava apenas como lançamentos futuros.

Na residência dela chegou um motorista de aplicativo que havia sido contratado pelo acusado para buscar o aparelho. A vítima não entregou o objeto por suspeitar que era golpe. O motorista de aplicativo foi embora e logo depois o acusado começou novamente a mandar mensagens dizendo para ela confiar nele, pois era policial militar e enviou até fotos de uma pessoa fardada, mas sem mostrar o rosto.

O acusado mandou na sequência outro motorista de aplicativo na residência da vítima para pegar o iPhone. Contudo, a mulher já havia chamado a polícia.

O motorista de aplicativo foi abordado e levou os policiais até o endereço da pessoa que havia contratado o serviço, que para ele tinha se identificado apena pela inicial [V.].

O acusado foi abordado pelos policiais quando falava ao celular e ainda quis se desfazer do aparelho. Porém, os militares foram rápidos e viram através de conversas no WhatsApp dele que o acusado junto com um contato salvo na agenda como "Goiano" vinham praticando vários golpes no site OLX comprando através de pagamentos com envelopes vazios.

O suspeito [I. V F. M.], nome verdadeiro do golpista, foi levado preso para a Central de Flagrantes. A Polícia Civil seguirá no caso para tentar localizar e prender o outro envolvido nos golpes.


Fonte: Rondoniaovivo
Imagem: Ilustrativa

Postar um comentário

0 Comentários