<

MANDIOCA: 2020 se inicia com baixo processamento



A primeira quinzena de janeiro foi marcada por bom volume de chuvas em muitas regiões produtoras de mandioca do Centro-Sul. Segundo pesquisadores do Cepea, de um lado, esse cenário favorece o desenvolvimento das lavouras, mas, de outro, dificulta a colheita. Entretanto, a demanda industrial está baixa, uma vez que boa parte das empresas ainda não retomou as atividades de processamento. Estimativas do Cepea apontam que, na primeira quinzena deste ano, o volume processado aumentou apenas 4,4% frente ao mesmo período de 2020 (+1,4 mil toneladas).


Fonte: Cepea

Postar um comentário

0 Comentários