<

Homem é morto a facadas pelo enteado, que assume o crime e diz que agiu para proteger os irmãos menores, em RO



Ontem (domingo, 24), um homem identificado pelas iniciais [E. N.], de 30 anos, foi morto a facadas pelo enteado de 20, no distrito do Guaporé, pertencente a município de Chupinguaia, e que fica a 90 km de Vilhena.

Segundo informações apuradas pela reportagem, o autor do crime foi até o Quartel da Polícia Militar em companhia dos irmãos de 10 e 06 anos e contou que tinha esfaqueado o padrasto, informando o endereço dos fatos.

Após dar voz de prisão ao jovem, os militares acionaram uma ambulância, que conduziu a vítima ao Hospital Regional de Vilhena, onde ela já chegou sem vida.


Segundo relatos do rapaz, que afirmou que irá assumir o que fez, ele agiu em defesa dos irmãos que estariam sendo agredidos pelo padrasto.

Ainda conforme relatos do autor do crime, ele foi morar na residência com a vítima exatamente porque soube o que a vítima vinha cometendo atrocidades contra as crianças, chegando a colocá-las de joelhos no cascalho como forma de castigo e não podia deixá-los desamparados.

Na briga, o jovem chegou a lesionar a própria mãe, que teria tentado evitar que ele cometesse o homicídio.

Após recolherem a arma usada no crime, os militares conduziram o jovem para Delegacia da Polícia Civil de Vilhena para serem tomadas as devidas providências.

Um parente da vítima disse que ela teria sido atingida por pelo menos 17 golpes de faca.


Foto: Reprodução/Folha do Sul Online

Fonte: Folha do Sul Online

Postar um comentário

0 Comentários