<

Presidente da Chapecoense, Paulo Magro morre vítima da Covid-19 aos 59 anos



Paulo Magro assumiu a Chapecoense em agosto de 2019 — Foto: Marcio Cunha/Chapecoense

O presidente da Chapecoense, Paulo Ricardo Magro, de 59 anos, faleceu nesta quarta-feira vítima da Covid-19. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensidade (UTI) do hospital da Unimed, em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, desde o dia 18 de dezembro, e não resistiu às complicações da doença.


Durante o tratamento, Magro respondeu bem e apresentava melhora gradativa, porém lenta. Na noite de terça houve uma piora brusca por conta de uma infecção que comprometeu o funcionamento dos rins. O presidente passou por uma hemodiálise bem sucedida, mas na segunda vez, houve complicações e ele não resistiu.


Postar um comentário

0 Comentários