<

Deputado Cirone Deiró registra avanços para retomada dos voos no aeroporto de Cacoal



A homologação do Papi Indicador de Trajetória de Aproximação, foi realizada pelo Grupo Especial de Inspeção de Voo-Geiv, da Força Aérea Brasileira, que esteve em Cacoal, na última semana, para fazer a aferição dos equipamentos que vão permitir que o aeroporto da Capital do Café passe a operar por instrumentos. “Essa é uma medida de segurança adotada nos aeroportos e uma das principais exigências da companhia Azul Linhas Aéreas para voltar a operar no aeroporto de Cacoal”, informou o deputado Cirone Deiró (PODE) que acompanha os trabalhos em execução no aeroporto. Com uma pista de 2,1 mil metros de extensão por 45 metros de largura, o aeroporto atende passageiros de Cacoal e todos os municípios da região da Zona da Mata.

As obras para a construção de 7.523 metros de cerca já foram iniciadas. Os trabalhos estão sendo realizados, conforme as normas do Programa Nacional de Segurança da Aviação Civil Contra Atos de Interferência Ilícita-PNAVSEC. A execução da obra foi apontada pelo deputado Cirone Deiró como sendo mais uma importante medida que coloca fim aos riscos na pista do aeroporto da Capital do Café. “Em contato com o diretor do DER, Elias Rezende fui informado que todos os esforços estão sendo feitos no sentido de sanar as pendências e cumprir o cronograma da execução das obras de ampliação da sala de embarque e de melhorias na pista”, afirmou.

Cirone Deiró destacou também a assinatura do contrato entre o governo do estado e a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária-Infraero que prevê a execução de serviços especializados de medição de atrito e de macro textura nas pistas de pousos e decolagens, além da remoção de borracha na pista. Os serviços serão executados nos aeroportos de Vilhena, Cacoal e Ji-Paraná. “Estamos encerrando um ano que apesar de todas as adversidades, o governador Marcos Rocha e o diretor do DER, Elias Rezende estão cumprindo o compromisso em relação aos investimentos necessários no aeroporto de Cacoal, Vilhena e Ji Paraná”, concluiu.

De acordo com os especialistas da área de segurança em aeroportos, a medição de atrito e de macro textura fazem parte dos protocolos de segurança para a verificação e o monitoramento do nível de aderência entre o pneu da aeronave e o pavimento de forma a garantir ainda mais segurança às operações aeroportuárias. Enquanto, os trabalhos de remoção de borracha, que é deixada pelas aeronaves no momento do pouso, fazem parte dos procedimentos de manutenção que buscam garantir segurança na operação na pista.

Em julho de 2020, o deputado Cirone Deiró apresentou documento ao Departamento de Estradas e Rodagens-DER apontando as principais providências que precisavam ser adotadas com urgência para colocar fim as pendências no aeroporto Capital de Cacoal. Entre as medidas indicadas pelo deputado constavam homologação EPTA - Sistema Rádio; homologação estação meteorológica; parametrização e homologação PAPI – RCC; construção de cerca; construção de área de escape; construção de área de drenagem; taxiway; elaboração de plano diretor; plano emergencial; certificação de aeroporto. Além da apresentação do projeto para aquisição dos equipamentos e mobiliários, considerando que os recursos já estão disponíveis na Secretaria de Nacional de Aviação Civil-SAC.



Texto: Edna Okabayashi-ALE/RO
Foto: Assessoria

Postar um comentário

0 Comentários