<

Mulher morre com tiro na cabeça ao tentar defender o filho



Joselma Alves da Silva, 46 anos, foi morta a tiro na madrugada desta quinta-feira (19), após impedir que seu filho Eduardo Alves Floresta, 21 anos, fosse morto por criminosos que invadiram a residência deles, localizada na Rua Palheteiro, Bairro Mariana, na Zona Leste de Porto Velho. Ele foi alvejado com dois tiros.

A Polícia Militar apurou que o jovem estava sendo perseguido por várias pessoas armadas com pedaços de madeira, revólver e faça.

O jovem conseguiu chegar até sua residência, e desesperado pediu para que sua mãe abrisse a porta da casa.

A mulher chegou a abrir a porta, mas os criminosos começaram a efetuar vários disparos. Eduardo foi alvejado com um tiro na mão e na perna e conseguiu se esconder em um dos quartos. Ao defender o filho, a mulher foi alvejada com um tiro na cabeça e caiu na porta da casa. Após o crime, o bando fugiu.

Uma equipe do Samu foi acionada, constatou a morte de Joselma e encaminhou Eduardo para o Hospital João Paulo II.


Fonte: Rondoniagora

Postar um comentário

0 Comentários