<

Avó dá à luz a própria neta, conheça a emocionante história da mãe que serviu de barriga de aluguel para a filha



A avó Julie Loving, de 51 anos, deu à luz a sua neta Briar Juliette Lockwood, no último dia 2, em um hospital de Illinois, nos EUA. Julie topou ser barriga de aluguel da filha, Breanna, de 29 anos, que após diversas consultas com especialistas em fertilidade descobriu que não poderia gerar um filho.

“Foi definitivamente um processo surreal”, afirmou Breanna, a mãe da bebê, ao programa de TV “Good Morning America”. “Todos os sentimentos vieram de uma vez, apenas vendo minha mãe passar por tudo e tudo que ela fez por mim e continua fazendo”.

De acordo com a família, o nascimento de Briar Juliette ocorreu dez dias antes da data prevista. A cesariana emergencial foi necessária em razão de problemas envolvendo o cordão umbilical. “Foi um dia muito emocionante, com muitas lágrimas e muitos momentos felizes e alguns momentos assustadores, mas nossos médicos e equipe foram ótimos”, afirmou Breanna.

A avó Julie Loving, de 51 anos, deu à luz a sua neta Briar Juliette Lockwood, no último dia 2, em um hospital de Illinois, nos EUA. Julie topou ser barriga de aluguel da filha, Breanna, de 29 anos, que após diversas consultas com especialistas em fertilidade descobriu que não poderia gerar um filho.

“Foi definitivamente um processo surreal”, afirmou Breanna, a mãe da bebê, ao programa de TV “Good Morning America”. “Todos os sentimentos vieram de uma vez, apenas vendo minha mãe passar por tudo e tudo que ela fez por mim e continua fazendo”.

De acordo com a família, o nascimento de Briar Juliette ocorreu dez dias antes da data prevista. A cesariana emergencial foi necessária em razão de problemas envolvendo o cordão umbilical. “Foi um dia muito emocionante,

com muitas lágrimas e muitos momentos felizes e alguns momentos assustadores, mas nossos médicos e equipe foram ótimos”, afirmou Breanna.

Para que Julie pudesse gerar a neta, foi feita uma transferência de embrião em fevereiro, permitindo que Breanna e Aaron fossem os pais biológicos de Briar Juliette. A gravidez foi confirmada no mês seguinte, uma semana antes dos EUA decretar lockdown.

“Lutar contra a infertilidade foi a coisa mais difícil que já tive que passar”, confessou Breanna em entrevista a ABC News. “Quando se tem um plano para a vida e então algo como a infertilidade fica no caminho, eu senti que não podia mais ver o que imaginei, que isso poderia ser tirado de mim”.

Agora, nas redes sociais, a família de Breanna é só alegria. Na terça-feira (10), a mãe de Briar postou uma foto com a filha e uma camiseta com os dizeres: “você pode parar de perguntar quando nós teremos um filho agora”.


Fonte: Planeta folha

Postar um comentário

0 Comentários