<

Jovem é presa com “rádio ilegal” pela Polícia Federal, em Espigão do Oeste


Na tarde de segunda-feira, 26, a Polícia Federal (PF) prendeu uma mulher, em Espigão do Oeste, por atividade ilegal de telecomunicação.

Segundo a lei 9.472/97, o uso de aparelhos de comunicação sem autorização é proibido, por afetar o sinal de órgãos legais, principalmente os da área de segurança pública.

Os aparelhos geralmente são usados no mundo do crime para entrar no sistema da polícia e se favorecer com a localização de possíveis abordagens.

Na região, possivelmente o rádio era utilizado para burlar as fiscalizações da PF com relação a crimes ambientais praticados em terras indígenas, como extração ilegal de madeiras e garimpos clandestinos.

Na tarde de segunda-feira, 26, a Polícia Federal (PF) prendeu uma mulher, em Espigão do Oeste, por atividade ilegal de telecomunicação

Em posse da infratora, foi apreendido um rádio capaz de trocar informações nas áreas mais remotas e ela foi conduzida para a base Roosevelt em Pimenta Bueno, onde foi lavrado o flagrante.

Segundo a lei 9.472/97, o uso de aparelhos de comunicação sem autorização é proibido, por afetar o sinal de órgãos legais, principalmente os da área de segurança pública.

Os aparelhos geralmente são usados no mundo do crime para entrar no sistema da polícia e se favorecer com a localização de possíveis abordagens.

Na região, possivelmente o rádio era utilizado para burlar as fiscalizações da PF com relação a crimes ambientais praticados em terras indígenas, como extração ilegal de madeiras e garimpos clandestinos.


Fonte: Folha do Sul

Postar um comentário

0 Comentários