<

Homicídios tenta localizar ex-presidiário que ajudou matar homem carbonizado


A Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) divulgou a foto de Harisson Pinheiro Lobo, 28, que é um dos acusados de participação na morte cruel do homem identificado como Alisson Cunha Gonçalves no último dia 02 em uma residência localizada na Rua Mané Garrincha, bairro Socialista, na zona Leste de Porto Velho (RO). Taise Cristina da Silva, 23, foi presa nesta manhã de quinta-feira (15) por envolvimento no homicídio.

Os policiais descobriram durante as investigações que Taise, Harisson e mais duas mulheres mataram Alisson a pauladas e depois jogaram o corpo em uma fogueira feita nos fundos da casa com pneus velhos e galhos.

Ainda segundo apurou a polícia, o crime teria sido motivado porque o bando desconfiava que Alisson teria sido o autor de uma denúncia que culminou com a prisão de um foragido da Justiça que era amigo deles e suspeito de ser traficante.

Quem souber de informações sobre o paradeiro dele pode denunciar no número 197 da Polícia Civil. Harisson já tem passagem no sistema prisional da capital.




Fonte: rondoniaovio
Imagem: Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários