<

'Geleira do Juízo Final' acelera derretimento e preocupa cientistas



Geleira do Juízo Final derrete


Sputnik News - Geleiras na Antártica, assim como no mar de Amundsen, já são responsáveis por 5% do aumento global do nível do mar.

A geleira Thwaites, conhecida como "geleira do Juízo Final", alarmou cientistas que não deixam de pensar na probabilidade de ela fazer jus a seu apelido.

Estudos demonstraram que está derretendo a uma velocidade cada vez mais rápida, com efeitos potencialmente catastróficos.

Em uma entrevista concedida ao canal PBS NewsHour, David Holland, professor de Matemática e Atmosfera da Universidade de Nova York (EUA), em parceria com membros da Colaboração Internacional da Geleira Thwaites, afirmou que "a reescrita de linha costeira é um grande desafio".

A geleira no oeste da Antártica, que é aproximadamente do tamanho do território do Reino Unido, está se retraindo em torno de 800 metros por ano, o que a faria desaparecer entre 200 e 600 anos.

Uma vez que esta geleira representa uma zona tampão entre o mar aquecido e outras geleiras, seu colapso pode trazer consequências catastróficas.

Massas de gelo vizinhas no oeste da Antártica poderiam sucumbir com ela, acreditam especialistas, aumentando o nível do mar em três metros, além de permanentemente submergir cidades costeiras como Nova York e partes dos Países Baixos.

Um estudo, publicado pelo Cryosphere, revelou que o aquecimento global atual pode estar devastando a parte inferior da geleira Thwaites. Enquanto um estudo, publicado pela Proceedings of the National Academy of Sciences, usou imagens de satélites para confirmar que esta geleira e a da ilha de Pine estão quebrando mais rápido do que imaginava.

​O recuo do afinamento e aterramento da linha das geleiras Thwaites e da ilha de Pine poderia levar à instabilidade da plataforma de gelo e perdas massivas no mar de Amundsen

Em uma maior escala, a camada de gelo da Antártica está derretendo seis vezes mais rápido do que nos anos 80, perdendo aproximadamente 252 bilhões de toneladas atualmente, acima das 40 bilhões de toneladas de 40 anos atrás.

Pesquisadores estimam que o aumento do nível do mar poderia ser de 60 metros se a camada de gelo derreter completamente.



Fonte: Brasil 247/ (Foto: Vladimir Baranov / Sputnik)

Postar um comentário

0 Comentários