<

Ex-presidiário é morto ao tentar assassinar PM na frente de panificadora


Alexandre Nei Pontes, 37, morreu na madrugada deste sábado (26) após tentar assassinar um policial militar de 26 anos em frente a uma panificadora na Avenida Amazonas, bairro Nova Porto Velho, capital de Rondônia.

O Rondoniaovivo apurou que o militar estava com um grupo de amigos na frente da panificadora, quando Alexandre se aproximou e teria dito que não gostava de polícia, que era matador de PM, segundo consta em boletim de ocorrência.

Nisso, o policial e os amigos dele pediram que Alexandre fosse embora do local e ele saiu. Todavia, ainda conforme a ocorrência, o homem retornou novamente e muito alterado começou a insultar o policial. Durante a discussão, Alexandre teria sacado um revólver e atirado para o alto. Logo depois, Alexandre teria apontado a arma para o policial, que conseguiu entrar em luta corporal tentando desarmar o homem.

O policial disse que conseguiu colocar a mão no gatilho do revólver para que não fosse disparado nenhum tiro. Porém, conforme a ocorrência, Alexandre não soltava a arma. O militar então teria conseguido sacar uma pistola e atirou uma vez no tórax de Alexandre. Ele ainda foi socorrido, mas morreu na UPA.

A ocorrência foi registrada na Central de Flagrantes tendo o policial militar como vítima e Alexandre como acusado. Ele já tinha passagem no sistema prisional.




Fonte: Rondoniaovivo

Postar um comentário

0 Comentários