<

'Dura vingança': secretário de Segurança do Irã ameaça mandar forças dos EUA para 'cemitério'




Anteriormente, o chanceler iraniano, Mohammed Javad Zarif, acusou o presidente dos EUA, Donald Trump, de ameaçar o Irã por suposto plano de "assassinato" de diplomata norte-americana.

O secretário do Conselho Surpreso de Segurança Nacional do Irã, Ali Shamkhani, criticou a recente ameaça do presidente norte-americano, Donald Trump, de que qualquer resposta a um ataque iraniano "será mil vezes maior em magnitude".

​A Defesa Sagrada Semanal é um documento histórico do testamento do mártir de Soleimani para punir ditadores ilusórios, que acreditam ser mil vezes mais poderosos que o Irã. Aqueles com mãos manchadas com sangue iraniano serão enviados ao cemitério como Saddam. Dura vingança

Nesta terça-feira (15), Donald Trump ameaçou Irã após "relatos da imprensa" sobre Teerã estar planejando assassinar Lana Marks, embaixadora norte-americana na África do Sul, como retaliação pelo assassinado do general iraniano Qassem Soleimani.

O general foi assassinato em um ataque de drone comandado pelos Estados Unidos enquanto o militar iraniano se encontrava em um veículo próximo ao Aeroporto Internacional de Bagdá.

O porta-voz do governo iraniano, Ali Rabiei, se pronunciou sobre a ameaça do presidente norte-americano, alertando os EUA contra realização de outro "erro estratégico".

"Esperamos que eles não cometam um novo erro estratégico. Neste caso, eles vão enfrentar nossa resistência", afirmou Rabiei nesta terça-feira (15) em uma coletiva de imprensa.


Fonte: sputniknews

Postar um comentário

0 Comentários