<

Terceira noite de protestos antirracismo nos EUA deixa 2 pessoas mortas




Na terceira noite de protestos no município de Kenosha, Wisconsin, centro-oeste dos Estados Unidos, que aconteceu na terça-feira (25), ao menos três pessoas foram baleadas e duas morreram. Os manifestantes foram às ruas após o episódio em que agentes da polícia do estado atiraram 7 vezes nas costas do homem negro Blake Jacob, no domingo (23), em pleno dia e sem qualquer ameaça iminente. A informação é do jornal Folha de S. Paulo.


Blake, de 29 anos, conseguiu sobreviver, mas ficou paralisado da cintura para baixo, de acordo com seu pai. Ele segue internado no hospital, acrescenta a reportagem. 

Ainda na última terça, os manifestantes se encontraram perto do tribunal da cidade e atiraram pedras, fogos de artifício e garrafas de água contra os policiais. O prédio já estava protegido com uma barreira de metal. Como “resposta”, os guardas lançaram bombas de gás e atiraram com balas de borracha para dispersar a multidão.

Fonte: Brasil 247

Postar um comentário

0 Comentários