<

Personal trainer morta na frente da casa da mãe levou 30 facadas pelo corpo


A personal trainer identificada pelas iniciais, A. S., foi assassinada por vizinhos em São José do Rio Preto (SP), levou mais de 30 facadas pelo corpo.

O casal identificado pelas iniciais, S. N. da P. S. e J.F. S., foram presos logo depois do crime.

A morte da personal foi motivada por um desentendimento com a mulher. De acordo com vizinhos, a mulher costumava circular pelas ruas do bairro filmando os moradores com o celular.

A personal tinha ido à casa da mãe na saída, ao perceber que a vizinha estava gravando sua movimentação foi questioná-la e um bate-boca começou.

Testemunhas contam que foi tudo muito rápido. A suspeita agarrou a vítima pelo braço e chamou o marido para “resolver” a situação. O homem teria corrido até o carro onde pegou duas facas, entregou uma a mulher e ficou com a outra.

De repente, eles começaram a golpeá-la no pescoço, tórax e braços. Em seguida a abandonaram agonizando na calçada e se esconderam em casa. Na quinta-feira (13), eles passaram por audiência de custódia e tiveram a prisão convertida em preventiva.

Mesmo detidos, eles se recusaram a revelar o que teria motivado o ataque a personal e dizer ter se tratado “apenas de uma briga entre vizinhos”.

O crime chocou os moradores que depredaram o carro do casal.


Por Mario Jensen/Foto: Reprodução/Facebook

Postar um comentário

0 Comentários