<

Movimento65 tem Samuel Costa como pré-candidato prefeito da capita



Professor e jornalista se considera preparado para implantar um plano de desenvolvimento

Porto Velho, RO - O PC do B (Partido Comunista do Brasil) foi o primeiro a anunciar pré-candidato à sucessão municipal de Porto Velho, nas eleições deste ano. O jornalista e professor Samuel Costa foi escolhido em prévias internas e defende como bandeira política, o combate à desigualdade e o resgate do orgulho e autoestima do portovelhense. Samuel também é a mais ressoante voz da esquerda rondoniense tendo protagonizado diversos embates, inclusive com o empresário Luciano Hang, dona da rede Havan.

Com 30 anos de idade, Samuel Costa que é filho de professores, segue uma intensa rotina de pré-candidato com visitas aos bairros, pautas de defesa do meio ambiente, ampliação dos serviços de amparos sociais, valorização dos professores e sistema de ensino, apoio à produção rural, intensificação das atividades culturais e a regularização fundiária.

“Eu defendo aquilo que vivo e sinto, porque nasci e resido numa comunidade da Zona Norte que sofre de diversas carências como falta de creches, desemprego, infraestrutura precária e dificuldade de transporte”, afirmou.

m sua pauta de educação, Samuel Costa tem inspirado em projetos realizados com sucesso pelo atual governador do estado do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), considerado como o melhor modelo em execução no país. O seu projeto vem sendo elaborado em conjunto, seguindo exemplo de gestores de referência na área educacional.


A construção do plano de governo, segundo declarou, vem sendo construído por uma equipe multidisciplinar, composta de técnicos que conhecem as demandas e tem experiências em execuções de políticas públicas. “Nós temos propostas para o amplo desenvolvimento socioeconômico de Porto Velho e entendemos que nosso corpo técnico tem eficiência e excelência para construir e executar”, enfatizou.

Sobre a proposta de resgate do orgulho de pertencimento da população, Samuel Costa disse que é um dos sonhos para o futuro, e será consolidado com a relevância na construção de uma capital digna de se viver.


Fonte: DiariodaAmazônia

Postar um comentário

0 Comentários