<

Ao contrariar líder estadual, presidente do PV de Vilhena diz que Japonês é o pré-candidato do partido, mas avisa: “o diretório é independente”



Professor Gilson Ferreira (à dir) ao lado do deputado estadual Luizinho Goebel / Foto: Divulgação


Porto Velho, RO - Procurado pelo Extra de Rondônia, o presidente municipal do Partido Verde (PV) em Vilhena, Gilson Ferreira, se manifestou a respeito dos projetos da sigla com relação ao pleito eleitoral de 15 de novembro.

Ferreira, que já foi chefe de gabinete na prefeitura e deixou o cargo por motivos pessoais em maio deste ano, disse que o pré-candidato do PV em Vilhena é o atual prefeito Eduardo Japonês, que deve tentar a reeleição.

As declarações, contudo, contrariam posicionamento do presidente estadual da legenda, Aires Mota, que, em entrevista exclusiva ao site nesta terça-feira, 4, disse que “Japonês não tem vaga garantida”, expondo o desgaste e insatisfação de membros do diretório em Vilhena com o mandatário.

A matéria jornalística caiu como uma bomba nas bases do PV local, gerando repercussão e revelou um racha dentro da agremiação.

Entretanto, Ferreira garante que o prefeito Eduardo Japonês tem a preferência do partido, mas avisou que “o diretório municipal é independente e respeitamos à vontade da maioria dos membros”.

Sobre as vagas ao Legislativo, Ferreira informou que tem a nominata completa, com 20 nomes na lista que serão apresentados nas convenções, ainda sem data marcada.

Fonte: Extra de Rondônia

Postar um comentário

0 Comentários