<

A 'mãe de todas as recessões' bate às portas da economia mundial

(Foto: Sputnik)


Porto Velho, RO  - A economia global está cada vez mais ameaçada à medida que a pandemia do Covid-19 se espalha pelo mundo e apesar de vários países já terem retomado suas economias depois de passarem o pico mais alto de contágio.


As previsões para a economia para depois da pandemia não são nada encorajadoras

Em entrevista ao jornal Financial Times, Frederick Jeanbon, do fundo europeu de investimento BNP, destacou que o crescimento constante do mercado de ações após o colapso registrado em março não reflete a atual situação econômica real e também não contempla outros cenários que poderiam atingir a economia mundial com mais força.

"A grande recuperação que vimos por vários meses após o ponto baixo de março pode estar ocorrendo muito rapidamente e não leva em conta o risco de uma segunda onda [de contágio]", argumentou Jeanbon.

Ele acrescentou que a recuperação econômica será longa e em forma de U, enquanto uma recuperação em V é improvável.

Poucos especialistas e analistas prevêem uma recuperação na economia mundial na forma de V. De acordo com uma pesquisa recente dos gerentes do Bank of America, a maioria espera uma recuperação mais longa - na forma de U ou W. Por seu lado, o FMI previu a maior queda na economia mundial desde a grande depressão, informa a agência Sputnik.

Postar um comentário

0 Comentários