<

Saúde do Sono: Estudantes de medicina levam informação sobre “Bem Estar” nas redes sociais



Porto Velho, RO - Estudantes do Centro Universitário São Lucas Jessica F. N. Wietzkoski ,Mateus Q. Braga, Natália G. Santos, Thiessy F. Nobre e Vanessa O. Cunha. Sob orientação do Professor Flávio A. Terassini

O sono é uma função biológica que ocorre de maneira cíclica, sendo de fundamental importância para uma boa qualidade de vida. Dessa forma, tal fenômeno vital está relacionado com o desenvolvimento e a maturação dos primeiros anos de vida, inferindo na consolidação da memória, manutenção das funções endócrinas e a restauração da energia do metabolismo

A texto auxilia, também, para o apoio daqueles que se encontram com dificuldades em ter informações adequadas.

energético cerebral.



No Brasil, a estimativa de transtornos de sono na população geral é de aproximadamente dez a vinte milhões de pessoas (MÜLLER 2017, apud MARTINEZ,1999). A despeito disso, a falta de sono provoca a diminuição da atividade nas regiões frontais do cérebro e do cerebelo, resultando em dificuldades de memória e alterações do humor, com comprometimento na produção de insulina e aumento do cortisol. Além disso, gera alterações significativas nas funções física, ocupacional, cognitiva e social do indivíduo.


Professor Flávio A. Terassini orientou os estudantes na pesquisa sobre a Saúde do Sono

Desse modo, é essencial que o indivíduo tenha uma boa rotina de sono e uma mudança de hábitos. De acordo com a psiquiatra Ana Beatriz B. Silva, é importante, por exemplo, não realizar uso de estimulantes após as 16h (café, coca-cola, chás e outros), evitar cochilos durante a tarde, manter horários regulares para dormir e acordar, praticar atividades físicas e uma boa alimentação.

Postar um comentário

0 Comentários