<

Sara Winter tem anúncios de seu canal cortados pelo YouTube


A militante fascista Sara Giromini foi presa pela Polícia Federal (Foto: Reprodução)
Porto Velho, RO - Fórum - A extremista bolsonarista Sara Giromini, que se autodenomina Sara Winter, admitiu que seu canal no Youtube foi desmonetizado após ela ser presa pela Polícia Federal, no último dia 14. Ela é um dos principais alvos do inquérito do Supremo Tribunal Federal que investiga a organização de atos golpistas.

Em entrevista para jornalistas, a bolsonarista afirmou que estava “aprendendo a ganhar dinheiro” com a plataforma e que receberia cerca de US 1.800 (cerca de R$ 9,8 mil) pelo conteúdo produzido em maio.

Leia a íntegra na Fórum.

Postar um comentário

0 Comentários