<

Prefeitura é exemplo em Ensino à Distância para outros municípios

Edital Prefeitura de Porto Velho RO: SAIU! Oferta de 782 vagas!

Além de utilizar ferramentas pedagógicas, Prefeitura está disponibilizando a Plataforma “Porto Velho Educação Virtual” para mais de 10 cidades

Com o objetivo de facilitar o acesso à educação para os alunos nesse momento de pandemia, a Prefeitura de Porto Velho contribui com mais de 10 municípios do interior, ao oferecer o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) denominado “Porto Velho Educação Virtual”. O serviço já é uma ferramenta pedagógica bem sucedida pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), que desde meados de abril, atendem mais de 15 mil alunos da rede.

De acordo com a Semed, já aderiram ao AVA compartilhado os seguintes municípios: Campo Novo de Rondônia, Rio Crespo, Nova Brasilândia do Oeste, Alta Floresta do Oeste, Colorado do Oeste, Seringueiras, Nova Mamoré, Novo Horizonte do Oeste. Os municípios com AVA individual são, Ji-Paraná, Vilhena e Ouro Preto do Oeste.

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, tem atuado na reformulação de estratégias e melhoria da Educação na Capital. Através dele, há o incentivo ao uso da ferramenta de forma gratuita, através da Coordenadoria Municipal de Tecnologia da Informação, Comunicação e Pesquisa (CMTI), responsável pela gestão do programa.

O Programa “Porto Velho Educação Virtual” atua como uma forma alternativa para que os alunos da rede municipal possam continuar o aprendizado. Após a adesão à solução tecnológica, a CMTI com autorização do prefeito, libera o acesso para usufruírem da ferramenta.

A Prefeitura de Porto Velho é referência no Estado na oferta de ensino à distância, principalmente na educação básica, segundo Hildon Chaves. “Com essa nova experiência, com certeza outros municípios poderão seguir avançando agora, e após o momento turbulento que estamos vivendo”, disse animado com o retorno por parte de seus gestores parceiros, reiterando a máxima “É na dificuldade que devemos nos unir e nos ajudar”.

ORIENTAÇÕES

Para ter acesso ao Programa, a Semed de cada município, através do Serviço de TI, deverá assinar um termo de adesão informando a quantidade de alunos que deverão ser atendidos. A plataforma está sendo disponibilizada de duas formas: primeiro de forma compartilhada para os municípios que não possuem estrutura tecnológica, os mesmos usam compartilhando material pedagógico. E, a segunda forma é para os municípios que desejam usar a Plataforma individualmente, dessa maneira será instalado no servidor local.

Postar um comentário

0 Comentários