<

Arsenal e mais de cem munições são apreendidos pela PM



Porto Velho, RO - Na manhã desta segunda-feira, 25, policiais militares do Patrulhamento Tático Móvel (PATAMO) e o Núcleo de Inteligência(NI) lotados no 3º BPM em Vilhena, faziam deslocamento na área rural do distrito do Guaporé, município de Chupinguaia, quando obtiveram informações que na Linha 85, Lote 52, algumas pessoas estavam portando armas de fogo de maneira ostensiva, sendo apontados como jagunços.

Diante das informações os militares fizeram uma incursão na área e ao se aproximarem da casa que serve como sede de uma fazenda, um homem saiu as pressas e adentrou na mata ficando outro indivíduo no local. Enquanto os militares conversavam com o indivíduo que ficou na casa, o homem retornou da mata e foi identificado como D.V.J. Ao ser indagado o motivo de não ter permanecido na casa ao ver a polícia, ele não soube explicar.

Os militares adentraram na mata de onde D.V.J havia saído, e usando técnicas de rastreamento de objetos conseguiram localizar quatro armas de fogo sendo um Rifle fabricado no MÉXICO de Marca MENDOZA, calibre 22 municiado, uma espingarda calibre 12, uma pistola de marca TAURUS calibre 7,65 com dez munições ponta oca, um revólver de marca ROSSI municiado e duas toucas Ninjas.

Após o rastreamento dessas armas, os policiais militares fizeram uma busca no interior do imóvel e encontraram dentro de um balde que continha milho, submersa entre os grãos, uma pistola de marca TAURUS, modelo PT 840, calibre .40 carregada com catorze munições todas de ponta oca.

Ao averiguarem a procedência das armas, os policiais constataram que a pistola PT 840 havia sido furtada de um policial militar em Vilhena no ano passado enquanto ele participava de um culto. Em determinado momento um terceiro homem chegou no local e se apresentou como gerente da propriedade e responsável pelas armas.


Os militares continuaram as buscas e rastrearam enterrado nas imediações um tubo de PVC com mais quatro armas, sendo elas: Uma espingarda de marca ROSSI calibre 12, Uma espingarda de marca ROSSI, calibre 16 cano cerrado, uma carabina de marca ROSSI, modelo PUMA, calibre .44-40, uma carabina de pressão modificada para utilizar munições de calibre .22 e uma sacola contendo uma grande quantidade de munições de diversos calibres dentre eles munições calibre .40, calibre .44, calibre .380, calibre .38, calibre 12, calibre 16, calibre 28 e calibre .22. No local também foram encontrados toucas ninjas e coldres para portar armas.

Ao justificar o arsenal encontrado na propriedade, o indivíduo que se apresentou como gerente disse que vinha sendo vítima de extorsão e por isso adquiriu as armas, mas não soube explicar o motivo de ter adquirido armas com numeração raspada e uma delas produto de furto. Ao todo foram apreendidas seis espingardas, duas pistolas, um revolver e mais de cem munições de diversos calibres. Os três indivíduos foram presos e conduzidos para a Unidade Integrada de Segurança Pública (UNISP).

Postar um comentário

0 Comentários