<

Semusa cria Sala de Situação em Saúde para intensificar combate ao coronavírus




Porto Velho, RO - A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) criou, na terça-feira (28), a Sala de Situação em Saúde, um gabinete integrado onde todas as informações referentes do coronavírus (Covid-19) serão reunidas. O objetivo é disponibilizar dados reais para subsidiar a tomada de decisão da gestão, contribuindo, assim, para a transparência acerca das ações desenvolvidas na área da saúde.

Todos os departamentos da Semusa integram a Sala de Situação em Saúde, que também conta com representantes da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sempog), Coordenadoria Municipal de Tecnologia da Informação, Comunicação e Pesquisa (CMTI) e Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na Sala de Situação em Saúde serão definidas as necessidades e o plano de ação diário de contingência ao vírus. Nas reuniões, que acontecerão diariamente, cada departamento deve apresentar suas demandas para o grupo analisar e deliberar as soluções mais viáveis e ágeis na resolução dos entraves.

Para facilitar os trabalhos e agilizar o acesso às informações, foi criado um sistema de gerenciamento eletrônico que reúne todas as demandas referentes a Covid-19, sob a gestão da Semusa. O mecanismo informa, através de sinalização semafórica, as atividades de emergência, urgência e àquelas menos expressivas.

As atividades serão baseadas em quatro eixos de atuação: Atenção e Assistência à Saúde, Educação Permanente e Comunicação, Vigilância em Saúde e Gestão e Logística. Também será realizado o mapeamento dos bairros com maior ocorrência de casos suspeitos ou confirmados.

A primeira reunião da Sala de Situação em Saúde para controle e combate a Covid-19 aconteceu nesta quarta-feira, (29), com todos os setores envolvidos. Foram apresentadas 19 demandas, sendo metade delas solucionadas. Todos os dias serão produzidos relatórios com metas diárias e que foram cumpridas no dia anterior. Conforme a necessidade, decisões também serão submetidas ao Comitê de Operações Emergenciais (COE) que engloba toda a estrutura municipal.

Segundo a secretária titular da Semusa, Eliana Pasini, “a sala de situação foi criada para que o município possa gerenciar em tempo real toda a rede de enfrentamento ao novo coronavírus”.

Para o prefeito Hildon Chaves, “esse trabalho busca qualificar as informações, mapear as necessidades e nortear as decisões, além de demonstrar a atuação do município no combate ao coronavírus em Porto Velho”.

Postar um comentário

0 Comentários