<

Rodoviária de Porto Velho é desinfectada após confirmação de morte de taxista



Porto Velho, RO - A rodoviária de Porto Velho passou por um trabalho de desinfecção após a confirmação de que o taxista que trabalhava no local, Aparecido Rodrigues Lopes, de 66 anos de idade, conhecido como "Leão”, morreu em decorrência de infecção por Coronavírus.

De acordo com a secretária de saúde em Porto Velho, Eliana Pasini, a vítima de COVID-19 inicialmente procurou uma unidade de saúde municipal que o encaminhou para a quarentena em sua residência e dado seu monitoramento, porém, ele não seguiu as determinações médicas.

“Ele foi trabalhar no dia seguinte e pode ter transportado pessoas para outros lugares, a nossa orientação é que todos que fizeram viajem com ele que nos procure através dos nossos departamentos de vigilância de saúde, a orientação é que todos fiquem de quarentena”, afirmou Eliana Pasini.

Taxista interestadual, Leão convivia com dezenas de pessoas diariamente na área da rodoviária de Porto Velho, que inclusive conta com um ponto de apoio para os passageiros que seguem em viagem através do serviço dos táxis interestaduais.

Postar um comentário

0 Comentários