<

Precavido, arcebispo de Porto Velho nega autorização para reabrir



Porto Velho, RO Igrejas poderiam voltar a ter celebrações a partir do próximo sábado

Em carta pastoral distribuída nesta terça-feira, 28, o arcebispo de Porto Velho Dom Roque Palosch anunciou que não autorizará a reabertura das paróquias para as celebrações a partir do dia 2 de maio, sábado da próxima semana, alegando ser mais prudente aguardar “com prudência, os desdobramentos da crise da pandemia da Covid-19, não obstante o Decreto do Governo do Estado permitir a realização de atividades religiosas, com restrições” a partir daquela data.

Mas o arcebispo portovelhense fez questão de destacar que “à medida do possível, nossa Igreja coloca-se à disposição para o serviço à sociedade, neste tempo de grande dificuldade. Com Nossa Senhora Auxiliadora, permaneçamos firmes na fé, esperança e caridade. O Espírito do Ressuscitado seja a nossa força”.


Dom Roque disse ainda entender “a grave situação pela qual passam diversas cidades do país, cujos sistemas de saúde já dão sinais de colapso, acarretando grande sofrimento a pacientes, familiares e profissionais da saúde. Ele desaconselha, de modo incontestável, o relaxamento das medidas de distanciamento social no estado de Rondônia”, devido, conforme a nota, não haver “clareza quanto à abrangência e suficiência do conjunto de recursos e medidas com os quais o poder público pretende enfrentar eventual piora do quadro da pandemia no Estado”.

O religioso destacou ainda ser necessário, “antes de tudo, garantir condições dignas aos trabalhadores no exercício de suas funções em serviços essenciais, sobretudo aos profissionais da área da saúde, os quais devem ter assegurado efetivo acesso a equipamentos de proteção individual. Dada a abrangência da crise sanitária em curso, com desdobramentos sociais e econômicos, entendemos que é de suma importância que o poder público assegure a participação da sociedade civil organizada na tomada de decisões e observe critérios técnicocientíficos no enfrentamento da pandemia do novo Coronavírus.

A área de responsabilidade da Arquidiocese de Porto Velho abrange os municípios de Alto Paraíso, Ariquemes, Buritis, Cacaulândia, Campo Novo de Rondônia, Candeias do Jamari, Cujubim, Itapuã d’Oeste, Machadinho d’Oeste, Monte Negro, Rio Crespo, Vale do Anari e Porto Velho. As 26 Paróquias e 04 Áreas Missionárias (Alto e Baixo Madeira, São João Batista, Vista Alegre do Abunã e Nossa Senhora Aparecida da Vila DNIT).

Fonte: Expressão Rondônia

Postar um comentário

0 Comentários