<

Idoso aposentado de 95 anos faz máscaras de tecido para doação



Um alfaiate aposentado de 95 anos está fazendo máscaras para doação para ajudar na prevenção ao novo coronavírus. Severino Antônio Bianchi mora em Blumenau, no Vale do Itajaí. A cuidadora dele compra o tecido para que ele possa fazer as confecções das peças.


A costura faz parte da vida de Severino há muitos anos. Mas nesta semana o alfaiate aposentado retornou para a máquina. Faz cerca de 50 por dia. A cuidadora dele, Adriana, também se encarrega de doar as máscaras.

Sensibilizado com a falta de máscaras do mercado e com o apelo das autoridades sanitárias de saúde para o uso de máscaras seja incorporado pela população, o alfaiate começou a fazer os itens. No município, o item de proteção é obrigatório por todos os moradores, inclusive nas ruas.


Ele também deu um recado para população: "Precisa usar a máscara para sair na rua, precisa também passar gel nas mãos, precisa passar álcool gel nas mãos, melhor dizendo. E nunca esqueça de usar a máscara quando sair na rua. Mas eu pediria, por favor, não saiam de casa, que é a melhor maneira de combater [o vírus]".



A obrigatoriedade ocorre em mais de 20 cidades catarinenses, que obrigaram os munícipes a usarem as máscaras sempre que forem às ruas. Em alguns casos, quem não cumprir o decreto pode ser punido com multas. O Governo do Estado também obrigou o uso do item por clientes e funcionários de todos os estabelecimentos autorizados a usar. Mas, o apelo é para o uso de máscaras de algodão e caseiras, deixando as cirúrgicas para os profissionais de saúde.

Postar um comentário

0 Comentários