Se as fábricas pararem, teremos colapso não só em SP, diz Doria

Resultado de imagem para DORIA SP
O governador de São Paulo, João Doria, fez um apelo para que dirigentes de fábricas do Estado observem todos os cuidados a fim de garantir a saúde e a segurança dos trabalhadores, mas não devem parar a produção e precisam continuar operando.

 “Se as fábricas pararem, teremos colapso, não só em SP”, disse ele, destacando a importância do parque industrial paulista para todo o país. 

Ele fez também um apelo específico aos construtores, para que sigam as determinações das vigilâncias sanitária e de saúde, de forma a permitir que os projetos tenham continuidade, especialmente em setores essenciais.

 “Não podemos ter um blecaute em construção ou nas obras públicas”, disse. Para facilitar a movimentação das tropas de segurança, bombeiros, policiais militares e civis fardados terão acesso gratuito ao transporte público, anunciou Doria. As medidas valerão em todo o Estado e foram informadas em entrevista coletiva para detalhar novas ações de enfrentamento à pandemia do coronavírus

Postar um comentário

0 Comentários