Homem encontrado morto após ser espancado em Vista Alegre foi vítima de acerto de contas




Porto Velho, RO - A Polícia Civil já identificou três pessoas acusadas de participação no assassinato de Celson Gomes Dutra, vulgo ´Pulinho´, ocorrido dia 9 de fevereiro de 2020, na rua João Bortolozzo com Presidente JK, distrito de Vista Alegre do Abunã, zona rural de Porto Velho.

São eles, Leonel de Souza Loeblein, vulgo “Lourinho”, Francisco José Barreto Braga, vulgo “Paraguai” e Lucas dos Santos Custódio, vulgo “Luquinhas”. Segundo a Polícia, a morte da vítima tem ligação com o acerto de contas por causa de dívida por causa de droga.

Celson foi morto após ser duramente agredido a pauladas e depois de ficar agonizando por alguns minutos foi executado a tiros, segundo uma testemunha que foi ouvida pela Polícia Militar no dia do crime.

Dois dos suspeitos foram presos semanas após o crime e com um deles a arma do crime, um revólver calibre 22, e também a motocicleta utilizada na abordagem dos bandidos à vítima, na hora do crime.

Na semana passada, a 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Rondônia negou um habeas corpus impetrado pelos advogados de defesa de Leonal Loeblein, que permanecerá preso até ulterior decisão.

Postar um comentário

0 Comentários