Coréia do Norte elimina a tiros primeiro paciente com coronavírus

Ditador norte-coreano Kim Jong Un.

Porto Velho, RO - Um analista de assuntos da China confirmou que a Coréia do Norte executou a tiros um paciente com coronavírus. As intenções do governo comunista em erradicar pacientes doentes do que ao vírus.

Segundo relatos, a execução teve sanção do ditador norte-coreano Kim Jong Un. E, infelizmente, não há clareza nos detalhes do paciente executado.

Nos últimos dias, rumores que o ditador estaria autorizando execuções contra cidadãos norte-coreanos ganharam força. Nesses rumores, um oficial comercial do país foi morto a tiros apenas por visitar a China. Segundo a mídia sul-coreana, a vítima foi executada por arriscar a propagação do vírus no país.

No entanto, a Coréia do Norte enfatizou repetidas vezes que o país não possui um único caso do vírus em seu solo, embora tenha pessoas com suspeita.

No lado sul-coreano, o país já registrou 141 casos de coronavírus.

Fonte: atanews

Postar um comentário

0 Comentários