URGENTE

Maurão de Carvalho que ampliar Banco do Povo para fomentar a agroindústria e os pequenos negócios



O fortalecimento e a ampliação das atividades do Banco do Povo, instituição que oferece crédito subsidiado aos pequenos empreendedores, inclusive os da informalidade, faz parte do plano de Governo de Maurão de Carvalho, da coligação "Rondônia, unidos somos fortes".

O candidato a governador disse que a sua proposta contempla as agroindústrias e também os pequenos negócios nas cidades, incluindo os informais. "Queremos ampliar a linha de crédito para até R$ 20 mil, dando uma condição especial para as pequenas agroindústrias familiares acessarem o crédito, permitindo que quem cria gado de leite, por exemplo, possa produzir queijo, requeijão, iogurte e outros derivados, agregando mais renda à família", explicou.

O Banco do Povo recebeu investimentos na gestão do ex-governador Confúcio Moura, agora candidato ao Senado na chapa junto com Maurão, e já atendeu mais de 30 mil projetos em Rondônia, estando presente em mais de 30 municípios, oferecendo crédito entre R$ 300 a R$ 10 mil, para capital de giro, investimentos e outras ações voltadas ao empreendedorismo, com juros subsidiados e abaixo do mercado.

A facilitação do crédito, entende Maurão, deve ser uma prioridade, sem deixar de observar as garantias legais. "O crédito rápido, com um custo muito menor e sem burocracia é o que o pequeno precisa e que o nosso Governo vai oferecer. Quem quiser produzir, quem quiser trabalhar, vai ter o nosso apoio e a nossa atenção, pois entendemos que quem produz precisa ser incentivado pelo Estado", completou.

Hoje, o Banco do Povo já ajudou de vendedores de picolés e sorvetes, a produtores de verduras. "E podemos seguir em frente, fazer mais, oferecer mais e criar um ambiente favorável a quem quer produzir, gerar empregos e renda", garantiu.

Autor / Fonte: Maurão de Carvalho/Assessoria

Nenhum comentário