URGENTE

Jesualdo visita AMA e afirma compromisso com autistas de Rondônia



O candidato ao Senado Federal, pela coligação Juntos por um novo tempo para Rondônia, Jesualdo Pires (PSB), visitou em Porto Velho, a Associação de Pais e Amigos dos Autistas (AMA). Jesualdo reforçou o seu compromisso com a melhoria na qualidade de ensino e contribuir com políticas públicas que contribua com o desenvolvimento e atendimento às crianças autistas.

O candidato ressaltou que com o mandato de Senador quer ampliar as ações e as políticas nacionais voltadas ao atendimento aos autistas e contribuir com suas emendas para a melhor a estrutura de atendimento de entidades como a AMA de Porto Velho.

Quando foi prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo implantou o único Centro Especializado em Autismo, com atendimento gratuito para diversas famílias de Ji-Paraná e outras cidades. Nos mais de cinco mil municípios no Brasil, apenas três deles possuem Centro Especializado para Atendimento aos Autistas. O CMAEE de Ji-Paraná é o único da região Norte mantido com recursos públicos e que oferece tratamento totalmente gratuito.

O centro de Ji-Paraná se tornou referência em qualidade. São oito salas climatizadas e equipadas, quadra coberta, piscina para fisioterapia, salas de multimeios, salas para terapias, e alimentação dos autistas também é diferenciada e garantida pelo município. A equipe é formada por multiprofissionais que atendem em diferentes especialidades, como nutricionistas, psicólogos, fisioterapeutas, pedagogos, oferecendo um atendimento completo aos autistas e às famílias.

“Em Ji-Paraná, atendimento aos autistas ainda não era o suficiente para trazer melhoras significativas para as crianças. Nós trabalhamos para construir um espaço amplo, com equipamentos adequados. Investimos em treinamentos para equipe atendê-los da melhor maneira possível. Tudo isso sem que os pais tenham que pagar um centavo”, explicou Jesualdo.

Durante a visita a AMA, Jesualdo reafirmou o compromisso com o atendimento aos autistas e acredita que é possível oferecer acompanhamento de qualidade de forma gratuita.

“O que nós precisamos é de políticos comprometidos com as pessoas, políticos que respeitem o dinheiro público e faça que ele volte em forma de benefícios para cada um que paga. Na minha gestão em Ji-Paraná, conseguimos isso. Quando há ética na administração, o dinheiro sobra e consegue sim investir onde precisa”, afirmou.

Nenhum comentário